BBB 22

VÍDEO: Mulher pelada invadiu BBB 3 ao vivo e chocou Pedro Bial; veja motivo, conheça a moça e assista momento inusitado


Eliane Lima ficou conhecida como a "Peladona do BBB" e contou que nudez foi uma forma de protesto

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 12/01/2022 às 7:58
Notícia
Reprodução
Em 2003, Eliane Lima fez um protesto pelada durante a noite de eliminação do BBB 3 - FOTO: Reprodução
Leitura:

Noite de eliminação no BBB é sempre um dos momentos mais tensos, empolgantes e de repercussão do programa. Mas imagine se, além de toda a emoção dos próprios participantes, familiares e fãs, se uma mulher pelada invade o palco do programa e corre nua em direção ao apresentador. Difícil de acontecer? Não. Isso aconteceu em 2003 no BBB 3 e deixou Pedro Bial - então apresentador do reality - sem palavras. 

A "Peladona do BBB" se chama Eliane Lima. Cearense, a loira havia ido morar no sudeste para tentar a vida como dançarina de um grupo de funk. Com dificuldades na carreira, encontrou no palco do reality show mais assistido do país uma oportunidade para chamar atenção da mídia e de patrocinadores. Veja o momento:

Peladona do BBB

"Na época, eu era dançarina do Sedução Fatal, que era um grupo, e a gente não tinha padrinho nem dinheiro pra investir. Aí ficava aquela humilhação para tocar na rádio. E deu certo, aquilo abriu as portas pra mim", contou Eliane em entrevista ao UOL. 

>>> Peladonas: Veja quais são as ex-BBBs que faturam dinheiro vendendo nudes na internet; confira fotos

A loira disse que entraria no BBB se fosse convidada e garante que tomaria banho pelada. "Iria tomar banho pelada direto. Aqui fora ninguém faz isso de tomar banho com roupa. E ia mostrar meu corpo especialmente para o Bial, porque da outra vez foi muito rápido, não deu tempo de ver", disse em 2012, quando Bial ainda era apresentador da atração global

Pânico na TV!

De acordo com Eliane, o programa Pânico (antigamente exibido pela RedeTV!) chegou a convidá-la para participar dos quadros de humor. 

"Fiz reuniões com o Emílio [Surita] e o diretor, mas o empresário achou que o cachê oferecido era ruim e não negociou. Tive muitos empresários que me prejudicaram, por isso ainda estou independente até achar alguém sério que queira investir", contou. 

.

Comentários


Mais Lidas