CRIME

Após vídeo de Natália do BBB 22 vazar, equipe da sister pede que internautas não compartilhem conteúdo


Vídeo íntimo da participante do BBB 22 Natália Deodato vazou na madrugada desta quarta-feira (19)

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 19/01/2022 às 13:25
Notícia
Reprodução
Natália Deodato é dançarina profissional e integra a Pipoca do BBB - FOTO: Reprodução
Leitura:

A equipe da participante Natália, do BBB 22, pede que os internautas não compartilhem o vídeo íntimo da sister que vazou na madrugada desta quarta-feira (19). 

As imagens começaram a circular nas redes sociais e, no Google, a busca pelo vídeo de Natália teve um crescimento de mais de 600% nesta manhã. 

.

No Twitter, os administradores do perfil de Natália lembraram que compartilhar o vídeo íntimo que foi vazado é um desrespeito à vítima e sua família. A equipe da participante do BBB 22 também já informou que está tomando as providências necessárias para responsabilizar o culpado pela divulgação das imagens.

Veja o comunicado da equipe da sistes:

O que diz a legislação?

De acordo com a lei de nº 13.718, de 25 de setembro de 2018, do Código Penal Brasileiro, divulgar, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia é crime penalizado em até cinco anos de prisão.

A condenação criminal pelo crime do artigo 218-C também responsabiliza o autor da divulgação ilegal por danos morais causados à vítima. Dessa forma, caso haja condenação, Natália pode receber indenização desde o início da sentença penal do indiciado.

Comentários


Mais Lidas