Eleições 2022

SIMONE TEBET PROPOSTAS: Educação, saúde, combate à fome, segurança pública e outras propostas da candidata a presidente pelo MDB

Simone Tebet já fez várias propostas; veja o que candidata pensa sobre as áreas mais sensíveis da administração pública como saúde, educação e segurança

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 14/07/2022 às 11:15 | Atualizado em 21/07/2022 às 9:32
Notícia
DIVULGAÇÃO/MDB
Simone Tebet é a candidata própria do MDB - FOTO: DIVULGAÇÃO/MDB
Leitura:

A pré-candidata do MDB à Presidência da República, Simone Tebet, se apresenta como uma alternativa à polarização entre Lula e Bolsonaro. Nesta página, separamos algumas das propostas que a atual senadora já sugeriu sobre temas sensíveis para a sociedade. Confira o que Tebet promete fazer se eleita:

Você vai ver nesta página as propostas de Simone Tebet por esta ordem:

  • Educação Pública;
  • Combate à fome;
  • Segurança pública;
  • Saúde;
  • Mercado de trabalho;
  • Propostas ambientais;
  • Fim da reeleição. 

>>> Se quiser ver a biografia de Simone Tebet, clique aqui. 

EDUCAÇÃO PÚBLICA

Ao canal no YouTube "Todos pela Educação", Simone Tebet defendeu o ensino integral com foco para o Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, o que manteria as crianças e adolescentes o dia inteiro na escola.

"Sei do papel transformador da educação na vida das pessoas. Temos décadas de atraso porque faltou foco e vontade política", disse. 

Simone Tebet também propõe que cursos de pedagogia sejam presenciais e em universidades públicas. Ela também falou sobre valorização de professores. "Não só pela questão salarial, mas pela qualidade do ensino continuado", garantiu Tebet.

Simone também defendeu salas de aula com boa infraestrutura. "Com salas de aula confortáveis, com laboratórios, material didático e conectividade digital", disse Simone Tebet. 

PROPOSTA DE SIMONE TEBET PARA COMBATE À FOME

Dados divulgados pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN) em junho de 2022 apontou que 33 milhões de brasileiros estão passando fome atualmente. 

Em entrevista ao podcast O Assunto, do G1, Simone Tebet apresentou algumas propostas para combater a probreza. Ela defendeu a criação de: 

"O objetivo principal da minha candidatura é erradicar a miséria. Erradicar mesmo. Diminuir a pobreza. Não é possível admitir um país, da grandeza do nosso, ter uma criança dormindo com fome", disse Simone Tebet.

SEGURANÇA

Simone Tebet falou sobre o combate à violência contra mulheres na entrevista à Renata Lo Prete, de O Assunto.

Na entrevista, Simone Tebet disse que é contra o grande índice de armamento da população e afirmou que mais armas são uma ameaça para mulheres. Ela explicou que já votou pró-posse de armas para moradores de área rural, por entender que, nesses lugares distantes de delegacias de polícia, as armas podem ajudar na segurança dos moradores. 

"Elas [armas] são uma ameaça. Mas não vamos esquecer que na zona rural — e eu sou da zona rural, eu conheço a zona rural — as armas de fogo já existem e já estão nas mãos dos proprietários rurais e até mesmo de seus funcionários, que vão trabalhar e ficam o dia inteiro com um facão na cinta e uma arma e deixam mulheres e filhos numa sede a quilômetros de distância de uma delegacia. As armas já circulam lá, só que a mulher não tem a proteção."

RECRIAR MINISTÉRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA

"Tenho anunciado que temos que recuperar e recriar o Ministério Nacional da Segurança Pública. Vamos parar de dizer que segurança pública é dos governadores. A União tem condições de coordenar isso, criando o Ministério Nacional da Segurança Pública, e, através, de uma boa governança, dando a estrutura necessária para fiscalização, investigação e punição", disse Tebet em "O Assunto".

SAÚDE

Por causa da pandemia do novo coronavírus e diante dos históricos problemas relacionados a hospitais públicos superlotados, o tema "saúde" também é um dos mais importantes para o debate eleitoral. Apesar disso, nossa reportagem não encontrou, até a última atualização desta página, propostas muito específicas sobre o assunto por parte da pré-candidata, Simone Tebet. 

À agência Globo, o coordenador do programa de governo de Simone Tebet, Germano Rigotto, disse:

"É claro que vamos fazer tudo diferente do que aconteceu agora. Teremos que ter um Ministério da Saúde que faça uma grande coordenação nacional com responsabilidades também de estados e municípios. Nessa pandemia, tivemos a União em muitos momentos se omitindo, não agindo com a celeridade". 

MERCADO DE TRABALHO

Ao "O Assunto", Simone Tebet também disse como pretende diminuir a informalidade no mercado de trabalho. 

"Como diminuir a informalidade? Fazendo o Brasil voltar a crescer. Automaticamente, você abre novas formas de emprego. Quando você qualifica a mão de obra e fala para o jovem que ele vai ter ensino profissionalizante, as portas da formalidade se abrem", disse. 

Ao Todos Pela Educação (apresentado no primeiro tópico desta página), Simone Também citou que o Ensino Médio deve ser um meio para os jovens chegarem à universidade ou ao ensino técnico. 

PROPOSTAS AMBIENTAIS DE SIMONE TEBET

Simone Tebet também já defendeu o que chama de "desmatamento zero". "A Amazônia precisa ser ocupada pelo Estado brasileiro. E 'Estado brasileiro' leia-se não só a Polícia Federal, mas também as Forças Armadas. Eles sempre cuidaram da Amazônia, eles podem ajudar, é papel constitucional", disse a pré-candidata na entrevista à Renata Lo Prete. 

Simone Tebet prometeu "fortalecer os órgãos de fiscalização e controle para evitar e impedir o desmatamento ilegal". "O desmatamento ilegal tem que ser zero", disse a pré-candidata pelo MDB. 

FIM DA REELEIÇÃO

No podcast de Renata Lo Prete, Simone Tebet também defendeu que presidentes devem ter cinco anos de mandato, mas que não devem ser reeleitos. 

* Esta reportagem pode ser atualizada, caso a candidata apresente outras propostas. 

Comentários

Mais Lidas