Pets

Padre se recusa a terminar cerimônia de casamento após cachorros entrarem com as alianças; entenda

O caso aconteceu no último sábado (14), em Nova Olinda (CE)

Lívia Almeida
Lívia Almeida
Publicado em 20/05/2022 às 17:38
Arquivo Pessoal
O padre ficou irritado com a presença dos cachorros na igreja - FOTO: Arquivo Pessoal
Leitura:

O que era para ser uma ocasião replreta de felicidade acabou se transformando numa experiência triste e desconfortável para os noivos Antônio Eliwelton e Brenda Jamille.

Isso porque, durante a cerimônia do seu casamento, quando seus cachorros Pipoca e Scooby entraram com as alianças, o padre César Retrão fez questão de demonstrar sua irritação. O caso ocorreu no último dia 14, em Nova Olinda (CE).

A hostilidade do padre, que conduzia a cerimônia, surpreendeu a todos os presentes, mas principalmente os noivos. "Isso é o cúmulo", ele afirmou, enquanto os cachorros entravam na Paróquia São Sebastião.

Assista o momento no vídeo abaixo:

Eliwelton, o noivo, falou que a entrada dos cachorros foi combinada muito antes da cerimônia. Inclusive, ele e Brenda pagaram uma taxa de matrimônio de R$ 310.

Em entrevista ao G1, ele disse: "Para evitar qualquer imprevisto perguntamos para o secretário paroquial se tinha algum problema. Ele afirmou que não tinha nenhum problema, pois o padre não iria achar inconveniente". 

Abandono da cerimônia

Porém, não foi isso que aconteceu, já que assim que os cachorros apareceram, o padre deixou seu desconforto claro para todos os presentes. "Na hora que os cães entraram, ele disse que era inaceitável, um cúmulo dois cachorros entrarem com alianças e estarem ali naquele ambiente".

Depois de pegarem as alianças com Pipoca e Scooby, o padre pediu para os noivos e padrinhos assinarem os papéis e deixou a cerimônia, sem dar mais explicações.

Nem mesmo o "declaro vocês marido e mulher" o padre proferiu. "A bênção final, a parte mais esperada do casamento não aconteceu, pois ele saiu logo depois da gente assinar os papéis. Aí ficamos lá constrangidos.

A Diocese de Crato disse que irá realizar uma reunião do Colégio dos Consultores junto do bispo diocesano, onde vão analisar o que aconteceu. Porém, até o momento, a reunião ainda não tem data marcada para acontecer.

Scooby e Pipoca foram resgatados pelos noivos

Scooby e Pipoca já fizeram parte do Instituto Lilica, onde Eliwelton e Brenda são mantenedores.

Scooby passou 3 meses sendo cuidado por conta de um atropelamento, enquanto Pipoca foi tratada por conta de uma doença grave que a deixou cega, após ser abandonada pelos donos anteriores.

Hoje, a saúde de Scooby e Pipoca está restaurada e eles fazem parte da família do casal.

Mais Lidas