TELEVISÃO

A FAVORITA: Quem é a vilã? Quem matou Marcelo? Assassina do pai de Lara é Flora ou Donatela? Veja vídeo da cena

Relembre história de Flora e Donatela em 'A Favorita'

Flávio Oliveira
Flávio Oliveira
Publicado em 19/07/2022 às 15:51 | Atualizado em 19/07/2022 às 15:52
Notícia
Reprodução/TV GLobo
Donatela tem acerto de contas com Flora - FOTO: Reprodução/TV GLobo
Leitura:

Se tem uma coisa que não falta em 'A Favorita' é capítulo eletrizante. A trama de João Emanuel Carneiro foi perspicaz desde o início, quando resolveu não revelar qual das personagens era a mocinha e a vilã.

Assim, o público teve que torcer por Flora (Patrícia Pillar) ou Donatela (Claudia Raia) somente com as poucas informações que tinha acesso. Uma das que foram omitidas de início - e talvez a principal delas - era a identidade da assassina de Marcelo (Flávio Tolezani).

TV Globo / Zé Paulo Cardeal
Flora e Donatela se enfrentam na novela - TV Globo / Zé Paulo Cardeal

As protagonistas acusavam-se mutuamente do assassinato do pai de Lara (Mariana Ximenes) e só decorridos alguns capítulos que o público conheceu a responsável pelo crime.

Abaixo, relembre as histórias de Flora e Donatela e saiba quem é a verdadeira vilã de 'A Favorita'.

Quem é a vilã de 'A Favorita'? Quem matou Marcelo, pai de Lara?

Apesar de no início mostrar o contrário, Flora é realmente a grande vilã da novela. Comendo pelas beiradas, ela consegue 'provar' que a rival matou Marcelo. Tudo acontece a base de armações e chantagens.

Flora (Patrícia Pillar) assume para Donatela (Claudia Raia) que matou Marcelo (Flavio Tolezani) em tom sádico, contrastando com o ar angelical que a personagem demonstrou desde o começo da trama, apesar de ter passado 18 anos na prisão.

Veja cena do assassinato de Marcelo em 'A Favorita'

Até esse momento da novela, Flora e Donatela possuem versões diferentes sobre a morte de Marcelo, deixando cada vez mais dúvidas no público sobre quem diz a verdade.

Garantindo que foi injustiçada, Flora ganhou a torcida de boa parte das pessoas e por isso a sequência é tão surpreendente. João Emanuel Carneiro conta que o objetivo de despertar dúvida sobre quem é a vilã e a mocinha foi criar uma novela instigante e ousada.

Reprodução/TV Globo
Quem matou Marcelo em 'A Favorita'? Flora ou Donatella? - Reprodução/TV Globo

"A mocinha pobre e vitimada, que quase sempre é heroína nas novelas, aqui é uma assassina, e a mulher rica e fútil é a vítima. Acreditava que o público estava preparado para lidar com personagens cindidos e multifacetados. Quebrando estereótipos da teledramaturgia a novela fez e novamente está fazendo sucesso", revelou o autor em entrevista.

Flora ou Donatela: quem é a grande vilã?

Depois de conquistar a confiança de Lara e Irene (Glória Menezes), ela também consegue dois grandes aliados: Dodi (Murilo Benício) e Silveirinha (Ary Fontoura).

Com a ajuda dos comparsas, usa dois importantes trunfos contra Donatela. O primeiro é a mudança do depoimento de Salvatore (Walmor Chagas).

O médico que atendeu Marcelo após o tiro ressurge e acaba chantageado por Flora. Ela descobre que o veterano é gay e esconde sua orientação sexual, o que é usado pela vilã. Assim, ela convence Salvatore a dizer que, antes de morrer, Marcelo contou que Donatela foi a assassina.

O depoimento de Salvatore muda tudo. Ele diz que foi comprado por Donatela para dizer que Flora matou Marcelo. Para piorar, Flora mata o médico na frente da rival e coloca a culpa nela.

Reprodução/TV Globo
Silveirinha, personagem de Ary Fontoura em 'A Favorita' - Reprodução/TV Globo

Tudo piora quando Cilene (Elizângela) também é chantageada pela vilã. Com a ajuda de Dodi, a loira descobre que a manicure guarda um segredo. Na realidade, ela esconde que Halley (Cauã Reymond) é o verdadeiro filho de Donatela. O garoto foi roubado por Silveirinha. Para não ter seu segredo à tona, Cilene muda o depoimento.

Ela diz que quem atirou em Marcelo foi Donatela e não Flora. Com tantas provas contra, Donatela é presa e come o pão que o diabo amassou na cadeia. Já Flora conquista Gonçalo e toda a família. Ela ganha um cargo na empresa, enriquece e vira outra pessoa. 

Quando Lara descobre a verdade sobre Flora?

Lara (Mariana Ximenes) vai se rebelar contra Flora (Patricia Pillar) em A Favorita. A menina descobriu que a vilã é sua mãe e a flagrará falando mal dela e de sua família.

Assim, a filha vai despejar sua raiva e acusar a mãe de ter matado Marcelo (Flavio Tolezani). Nos próximos capítulos, Flora tentará dizer que foi presa por engano e é inocente.

A criminosa ainda diz que Donatela é a verdadeira assassinada do marido e a colocou na cadeia por medo que o milionário se separasse dela. Com o turbilhão de informações, Lara fica confusa, mas não acredita de todo no que a mãe biológica diz.

.

Reprodução/Globo
Lara é interpretada por Mariana Ximenes em 'A Favorita' - Reprodução/Globo

Depois, Lara flagra a mãe falando mal dela no telefone e ela descobre toda a verdade. "Não me chama de filha seu monstro! Eu já sei de tudo Flora! Eu já sei que foi você quem planejou meu sequestro, que matou o meu pai! Eu já sei de tudo! Eu sei quem você é e eu vou acabar com você sua desgraçada, sua assassina!", disparará a Lara.

Mas se engana quem pensa que tudo acaba por aí. A vilã ainda dará um jeito de afastar a filha de Irene (Glória Menezes). Assim, concluirá seu golpe no grupo Fontini.

Mais tarde, Lara consegue contar tudo o que descobriu para a avó. A idosa não acreditará na neta, mas irá até o apartamento de Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia), onde dará de cara com Donatela. Ela só acreditará que Flora é uma assassina quando escutar uma confissão dela a Silveirinha (Ary Fontoura).

Donatela vai presa após a morte de Dr. Salvatore?

Após cair na armadilha de Flora e Dodi (Murilo Benício), Donatela se torna a principal suspeita do assassinato. É aí que todos se voltam contra ela, menos Pedro (Genézio de Barros), que acredita em sua inocência e a ajuda a planejar sua fuga.

Então, a milionária falsifica o passaporte para Roma e vai para o aeroporto disfarçada, vê Amelinha (Bel Kutner) atrás de uma pessoa famosa e se esquiva ao máximo para não ser vista. A ex-amiga a reconhece na fila de embarque e chama a atenção dos policiais, gritando que ela é uma foragida da polícia.

Na delegacia, Donatela é informada que ela será transferida para um presídio feminino como principal suspeita da morte do médico. Donatela é algemada e, chocada, não oferece resistência.

.

TV Globo / Renato Rocha Miranda
Donatela é presa como principal suspeita da morte de Dr. Salvatore, após cair na armadilha de Flora - TV Globo / Renato Rocha Miranda

Depois de um tempo atrás das grades, Donatela é levada a julgamento. Contrariando a orientação de se declarar culpada, ela reage na frente de todos dizendo ser inocente e que não irá assumir algo que não fez.

TV Globo / Fabrício Mota
Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) durante julgamento de Donatela - TV Globo / Fabrício Mota

Como testemunhas de acusação são chamados a depor o jornalista Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) e Alice Salvatore (Deivy Rose), viúva do médico.

Desolado, o ex-namorado de Donatela, é obrigado a confirmar em seu depoimento que a viu segurando a arma que causou a morte de Salvatore.

Porém, preocupado em esclarecer o que realmente presenciou, conta que não viu Donatela atirando e que, segundo a ex-namorada, foi Flora (Patrícia Pillar) quem colocou a arma na mão dela.

TV Globo / Fabrício Mota
Donatela é condenada pela morte de Salvatore - TV Globo / Fabrício Mota

Ainda durante o julgamento, Lara é apresentada como testemunha de defesa. Donatela não se contém ao ouvir a filha adotiva reconhecer todo o amor que dedicou e corre para abraçá-la.

A sessão é interrompida e Flora consola a filha nos corredores. Na volta à sessão, Donatela explode ao ver a inimiga a encarando tranquilamente e, possessa, a acusa de ter cometido dois crimes. A ex-detenta reage fingindo constrangimento e, ao final da sessão, Donatela é condenada pela morte de Salvatore.

TV Globo / João Miguel Júnior
Donatela é presa após ser condenada pela morte de Salvatore - TV Globo / João Miguel Júnior

Comentários

Mais Lidas