CRIME

Assassina de Daniella Perez move queixa contra Glória, mãe da atriz; saiba motivo

Paula Thomaz e Guilherme de Pádua foram responsáveis pelo crime contra Daniella Perez. Assassina move queixa contra mãe da vítima

Flávio Oliveira
Flávio Oliveira
Publicado em 22/07/2022 às 10:24 | Atualizado em 22/07/2022 às 10:25
REPRODUÇÃO
NARRATIVA Gloria Perez topou série sobre a filha para esclarecer caso - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Experimentando uma boa fase na vida profissional e no auge dos seus 22 anos, a atriz Daniella Perez foi brutalmente assassinada por seu colega de trabalho, Guilherme de Pádua, e a esposa dele, Paula Thomaz.

Leia nesta matéria:

  • Guilherme de Pádua e Paula Thomaz ficaram na cadeia quanto tempo?
  • Queixa de Paula Thomaz contra Glória Perez;
  • Claudia Raia faz revelação sobre crime

O crime aconteceu em dezembro de 1992 e chocou o Brasil, sobretudo, pela forma bárbara com que aconteceu: Daniella foi assassinada com 18 facadas e seu corpo foi deixado em um terreno baldio

Guilherme de Pádua e Paula Thomaz ficaram na cadeia quanto tempo?

Cinco anos após o crime, o julgamento aconteceu e ambos foram condenados por homicídio qualificado por motivo torpe, com impossibilidade da defesa da vítima. Guilherme foi condenado a 19 anos, e Paula, a 18 anos e seis meses

Grávida durante o assassinato, Paula deu à luz Felipe em maio de 1993, enquanto estava presa. Ela e o ator se separaram pouco depois, em decorrência das diferentes versões apresentadas como defesa.

Em grande parte delas, ele responsabilizava a estão esposa pelo crime. Com apenas sete anos de prisão, os dois foram colocados em liberdade condicional.

Reprodução/Facebook
15 anos após morte de Daniella Perez, ator que a assassinou vira pastor evangélico - Reprodução/Facebook

Queixa de Paula Thomaz contra Glória Perez

Anos depois, em maio de 2021, Paula Thomaz entrou com uma queixa-crime contra Glória Perez por ameaça e difamação. Isso porque a condenada pelo assassinato está tentando investir na carreira de atriz da filha mais nova, de 5 anos.

"Não preservou o filho que estava na barriga, quando se fez assassina, e não preserva a filha de um meio onde terá sempre como referência ser a filha de uma assassina", escreveu Glória Perez em uma publicação no Facebook.

REPRODUÇÃO
Assassinato de Daniella Perez, filha de Gloria Perez, aconteceu há quase 30 anos - REPRODUÇÃO

Nas suas redes sociais, inclusive, Glória Perez sempre escreve sobre a filha. "Quanto mais o tempo passa, mais dói esse dia", escreveu a autora em publicação no Instagram.

Claudia Raia faz revelação sobre crime

Claudia Raia é uma das várias artistas que dá depoimentos para a produção da série "Pacto Brutal". No dia em que foi assassinada, Daniella deveria estar em um ensaio de dança. Sua ausência foi notada por Claudia, também bailarina, que desconfiou se tratar de algo grave que levou à falta da colega.

"Pra um bailarino faltar a um ensaio, ele tá morto. Tanto que todo mundo falava: 'Cadê ela?'. Se ela não chegou, alguma coisa aconteceu", pressentiu Claudia.

Raia era muito amiga de Raul Gazolla (então marido de Daniella e ex-namorado de Claudia). Após reconhecer o corpo de Daniella no matagal, Gazolla ligou para Claudia e pediu apoio dela na delegacia, onde o crime começara a ser investigado.

Reprodução/Instagram - Divulgação
Claudia Raia fazia aulas de dança com Daniella Perez - Reprodução/Instagram - Divulgação

Atendendo ao pedido, ela correu para o local para consolar o amigo, onde os dois tiveram uma visita inesperada. Isso porque, horas depois de assassinar Daniella, Guilherme de Pádua apareceu na delegacia para prestar condolências a Gazolla.

Durante um abraço do ator, Claudia relata que sentiu algo estranho. "Ele ficou ali um tempo, chorando, dizendo: 'Meu Deus, que loucura isso'. Parecia bastante emocionado, muito indignado com tudo", afirmou ela.

"[Dizia] 'Como fizeram isso com essa garota, essa menina é um anjo'. Me abraçou também, nem me conhecia. E eu não sei por que olhei o braço do Guilherme. Tinha, na parte do antebraço, arranhão de unha de mulher. Me chamou a atenção aquilo. Guardei pra mim. Era recente. Estava meio em carne viva, meio sangrandinho", revelou Claudia. 

Reprodução/Redes sociais
Guilheme de Pádua, assassino de Daniella Perez, e sua esposa, Juliana, em protesto à favor do presidente Jair Bolsonaro - FOTO:Reprodução/Redes sociais
Reprodução/Facebook
15 anos após morte de Daniella Perez, ator que a assassinou vira pastor evangélico - FOTO:Reprodução/Facebook
REPRODUÇÃO
Assassinato de Daniella Perez, filha de Gloria Perez, aconteceu há quase 30 anos - FOTO:REPRODUÇÃO
Reprodução/Instagram - Divulgação
Claudia Raia fazia aulas de dança com Daniella Perez - FOTO:Reprodução/Instagram - Divulgação

Mais Lidas