DANIELLA PEREZ

CASO DANIELLA PEREZ RESUMO: Por que Guilherme de Pádua matou Daniella Perez?

Série documental sobre o caso Daniella Perez chegou ao streaming nesta semana

Paloma Xavier
Paloma Xavier
Publicado em 22/07/2022 às 18:38 | Atualizado em 22/07/2022 às 18:47
Notícia
Reprodução
Guilherme de Pádua matou filha da escritora Glória Perez, Daniella Perez - FOTO: Reprodução
Leitura:

A série documental “Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez” chegou ao HBO MAX na quinta-feira (21). A produção conta os detalhes do assassinato de Daniella Perez. A atriz foi assassinada em 1992, quando tinha apenas 22 anos.

O crime foi cometido pelo seu colega de profissão, Guilherme de Pádua, e pela então esposa do ator, Paula Thomaz.

.

COMO FOI O ASSASSINATO DANIELLA PEREZ?

Em dezembro de 1992, o corpo de Daniella Perez foi encontrado no Rio de Janeiro. A artista de 22 anos foi golpeada várias vezes com tesoura e punhal.

Daniella era filha de Gloria Perez, autora de novelas de sucesso da TV Globo. A atriz era casada com Raul Gazolla na época.

.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Gloria Perez com a filha Daniella Perez - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

QUAL O MOTIVO DE GUILHERME DE PÁDUA TER MATADO DANIELLA PEREZ?

As investigações do assassinato de Daniella Perez levaram aos nomes de Guilherme de Pádua e a então esposa do ator, Paula Thomaz.

O assassinato estaria ligado ao fato do ator ter "perdido espaço" na novela de "De Corpo e Alma", escrita por Gloria Perez.

Paula tinha ciúmes da atriz. Ela foi condenada a 18 anos de prisão, e Guilherme a 19, por homicídio duplamente qualificado. A dupla deixou o regime fechado em 1999, após cumprirem um terço da pena.

.

Em janeiro deste ano, a Justiça do Rio determinou que cada um pague uma indenização de R$ 480 mil para Gloria Perez. Segundo o site Notícias da TV, o apartamento de Paula e do marido foi penhorado, e eles tentam recorrer da decisão.

CONFIRA O TRAILER DE PACTO BRUTAL: O ASSASSINATO DE DANIELLA PEREZ

Comentários

Mais Lidas