PRONUNCIAMENTO

Filipe Ret se pronuncia após jogar fã para fora do palco; entenda

Cantor se pronunciou após vídeo polêmico em que chuta fã para fora do palco

Vitória Silva
Vitória Silva
Publicado em 25/07/2022 às 8:05 | Atualizado em 25/07/2022 às 9:57
Reprodução
Cantor Filipe Ret se tornou alvo de uma operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro após distribuir maconha em festa privada - FOTO: Reprodução
Leitura:

O rapper Filipe Ret se envolveu em mais uma polêmica, a confusão da vez envolve um vídeo em que ele aparece empurrando e chutando um fã para fora do palco. 

Após as imagens viralizarem na internet, diversos fãs do artista criticaram a atitude de Ret e a forma como ele lidou com a situação. 

No domingo, o cantor usou as redes sociais para se pronunciar sobre o assunto. “Quase me machucaram”, justificou.


“Eu faço show com energia, com amor e raiva. Geral se empolga e sei que alguns se exaltam além da conta e fazem o que SABEM que não deve: invadir o palco. Eu posso tolerar uma invasão com respeito, posso tolerar várias invasões. Neste show foram mais de 20”, afirmou o cantor.

“Quase me machucaram. Eu posso até parar uma música no meio e pedir humildemente pra não atrapalharem mais o show (MEU TRABALHO) e não estragarem a vibe de outras milhares de pessoas que só querem curtir o show respeitosamente”, continuou. Filipe também revelou que se sentiu desrespeitado e violentado por todas as pessoas que invadiram o palco.

“Mas quando sou desrespeitado por pessoas (ah mas são fãs: quando você me desrespeita você perde a moral), paro show, digo com toda clareza que estão atrapalhando e me violentando, e segundos depois alguém age da mesma forma, quem esta sendo agredido sou eu. E minha resposta a essa agressão vira autodefesa.”

Veja mais do pronunciamento de Filipe Ret

“Minha reação com ele foi de uma típica auto defesa. No final eu não chuto ele, mas o empurro de volta (com raiva sim, quem nunca, né?) Minha atitude foi de respeito aos 99% do público que queria curtir, porque minha outra atitude seria abandonar o palco.

Mas tenho meu jeito, sou aguerrido, quis continuar até o fim em respeito a GRANDE MAIORIA que merecia curtir e pagou para ver o show. Quem tentou acabar com a festa não merecia respeito algum. Eu fui paciente para cacete!!

Dizer que agredi fã é tirar do contexto e naturalizar a falta de respeito não só comigo, com todos trabalhadores do evento e principalmente com 99,9% do público que só queriam curtir! CURTIR!!

Obrigada a todos os fãs que compreenderam e buscaram entender tudo que aconteceu.”

“Eu faço show com energia, com amor e raiva. Geral se empolga e sei que alguns se exaltam além da conta e fazem o que SABEM que não deve: invadir o palco. Eu posso tolerar uma invasão com respeito, posso tolerar várias invasões. Neste show foram mais de 20”, afirmou o cantor.

Mais Lidas