ELON MUSK

Elon Musk abre o jogo sobre suposto caso com esposa do cofundador do Google; veja pronunciamento

‘Nada romântico’, responde comentário sobre sua relação com esposa de Sergey Brin

Meliah Batista
Meliah Batista
Publicado em 25/07/2022 às 10:08
REPRODUÇÃO
Elon Musk vem a público falar sobre caso com esposa de cofundador do Google - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Elon Musk se pronunciou pelo Twitter após reportagem do The Wall Street Journal afirmar que o cofundador do Google, Sergey Brin, havia pedido divórcio ao descobrir traição da sua esposa com Musk.

O artigo, além de colocar Elon Musk como o pivor da separação por ter um caso com Shanahan, também insinuava que Brin e o CEO da Tesla não eram mais amigos.

SHANAHAN; SERGEY BRIN; FUNDADOR DO GOOGLE

Neste domingo (24), Musk decidiu se pronunciar sobre sua real relação com Shanahan.

“Eu só vi Nicole [Shanahan] duas vezes em três anos, ambas com muitas outras pessoas ao redor. Nada romântico.”, declarou em comentário a um portal que reviveu o assunto.

A publicação trazia o título: “Elon Musk teria supostamente ficado com a esposa do cofundador do Google, Sergey Brin, o que levou ao pedido de divórcio do casal. Os dois aparentemente não são mais amigos”.

A 'traição' foi divulgada como possibilidade após Brin justificar seu pedido de divórcio por conta de "diferenças irreconciliáveis".

Depois, teve instrução vazada onde pedia aos seus assessores para vender investimentos pessoais nas empresas de Elon Musk.

Em resposta, o CEO da Tesla, Elon Musk, negou caso no Twitter e afirmou continuar próximo de Brin.

“Isso é uma besteira total. Sergey e eu somos amigos e fomos a uma festa juntos ontem à noite!”, revelou para surpresa dos internautas.

Além disso, Elon Muk disse que não era a primeira vez que o The Wall Street Journal espalhava inverdades ao seu respeito.

Como exemplo, contou de quando foi divulgado que o FBI estava caçando o CEO da Tesla.

“Uma vez eles escreveram um artigo dizendo que o FBI estava prestes a me prender, então eu liguei para o FBI para perguntar o que estava acontecendo e eles disseram que o artigo do WSJ era uma total besteira”, revelou Elon Musk.

“O WSJ fez tantas pautas de sucesso contra mim e a Tesla que perdi a conta! É embaraçoso para eles, francamente”, comentou.

“No momento, eles são muito sub-tabloides. O WSJ deveria publicar histórias que realmente importem para seus leitores e que tenham uma base factual sólida, não boatos aleatórios de terceiros”, alfinetou em finalização.


Mais Lidas