DEEPFAKE

Vídeo de William Bonner chamando Lula e Alckmin de bandidos é falso; entenda

Vídeo que viralizou nas redes sociais mostra William Bonner chamando Lula e seu vice, Alckmin de 'bandidos'

Fernanda Soares
Fernanda Soares
Publicado em 02/08/2022 às 8:04 | Atualizado em 02/08/2022 às 11:26
Notícia
Reprodução
William Bonner, editor-chefe do 'Jornal Nacional' - FOTO: Reprodução
Leitura:

Na última semana viralizou nas redes sociais um vídeo que mostrava William Bonner se referindo à Lula e Alckmin como "o encontro de dois bandidos".

Até o dia 1º de agosto, o vídeo teve mais de 2,3 milhões de visualizações, mas tem um problema: o áudio é falso e foi feito com a ferramenta deepfake.

.

Na filmagem são mostradas imagens do candidato à presidência e seu vice se abraçando com o âncora do Jornal Nacional narrando: "A imagem seria de outro ladrão, digo, de um ladrão de verdade".

Entenda

Segundo o Projeto Comprova, o conteúdo foi manipulado com ferramentas de inteligência artificial, e a voz atribuída a Bonner foi produzida sinteticamente.

De acordo com o jornalista e produtor de deepfakes, Bruno Sartori, os movimentos da boca do jornalista estão dessincronizados da voz, e foi utilizado um trecho da edição do dia 12 de julho do Jornal Nacional.

A conta do TikTok responsável por este vídeo contém outros três semelhantes, onde foi também utilizado o deepfake. Nenhum deles foi removido da plataforma.

William Bonner faz apelo ao vivo no JN: 'dose de reforço'

No final do mês de julho, o jornalista William Bonner testou positivo para a covid-19 e se afastou da bancada do Jornal Nacional por uma semana. O âncora aproveitou a volta para fazer um apelo sobre a importância de estar com a imunização.

"Ter recebido as duas doses de reforço [da vacina contra o coronavírus] fez toda a diferença para mim e para a minha mulher. Minha filha, de quem nós pegamos provavelmente, tinha só uma dose e foi bem mais sofrido", contou Bonner, no programa do último dia 27.

Comentários

Mais Lidas