JOHNNY DEPP

ELLEN BARKIN diz que JOHNNY DEPP lhe ofereceu um sedativo hipnótico antes do sexo; veja depoimento

Johny Depp é acusado por de ex-namorada de ser abusivo e agressivo no relacionamento

Meliah Batista
Meliah Batista
Publicado em 03/08/2022 às 8:53 | Atualizado em 03/08/2022 às 9:28
Notícia
JIM WATSON/AFP
Johnny Depp é acusado de drogar ex com sedativo antes de primeira relação sexual - FOTO: JIM WATSON/AFP
Leitura:

A ex-namorada de Johnny Depp, a atriz Ellen Barkin, concedeu um depoimento sobre sua relação com o astro, o definindo como um 'bêbado verbalmente abusivo’.

Além de afirmar que Johnny Depp a ofereceu drogas antes da primeira relação sexual dos dois, contou que o ator já lhe atirou uma garrafa de vinho em pico de agressividade.

AMBER HEARD JOHNNY DEPP

O pronunciamento de Ellen Barkin veio após Johnny Depp vencer o processo contra sua ex-esposa, Amber Heard, recentemente.

Amber Heard teve que pagar, como pena do julgamento, U$ 10 milhões em danos compensatórios e U$ 5 milhões em danos punitivos para Depp.

ELLEN BARKIN JOHNNY DEPP

Ellen Barkin e Johnny Depp possuíam um relacionamento enquanto atuavam no filme "Medo e Delírio".

A atriz revelou que separação do ex-casal veio após o astro jogar uma garrafa de vinho na atriz, em um hotel em Los Angeles.

EX-NAMORADA DE JOHNNY DEPP O ACUSA DE A DROGAR ANTES DO SEXO

No depoimento, Ellen Barkin contou que antes do sexo, Depp já havia lhe oferecido metaqualona, da marca Quaalude, que é considerada uma droga sedativa e hipnótica.

Segundo Ellen, Johnny Depp vivia alcoolizado ou drogado com frequência, cercado por um mundo violento, ‘como a maior parte dos agressores’.

"Ele estava bêbado o tempo todo, na maioria das vezes. Ele é escandaloso, ele é verbalmente abusivo", revelou Ellen.

Além disso, comentou que o ex-namorado menosprezava aqueles que considerava estar abaixo de si.

Comentários

Mais Lidas