CRIMES

BRUNO KRUPP: modelo é denunciado por estupro e estelionato

Bruno Krupp é acusado também de estupro e estelionato

Pedro Oliveira
Pedro Oliveira
Publicado em 04/08/2022 às 23:23
Reprodução/Instagram
Bruno Krupp se envolveu em acidente e atropelou jovem que morreu horas depois - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Depois que atropelou e matou o adolescente João Gabriel Cardim Guimarães, de 16 anos, no Rio de Janeiro, no último sábado (30/08), Bruno Krupp fez ressurgir outros casos polêmicos envolvendo o seu nome. 

Além da morte do jovem, o modelo e influenciador está sendo acusado de estuprar diversas mulheres. De acordo com o jornal O Dia, Bruno Krupp está sendo investigado também por crimes de estupro e estelionato.

Uma mulher de 21 anos registrou, em julho de 2022, um boletim de ocorrência contra o modelo alegando ter sido violentada sexualmente por ele.

No depoimento, a jovem diz que os dois estavam em casa quando aconteceu a relação íntima sem o seu consentimento. A mulher relatou ainda que chegou a consumir bebida alcoólica, mas que não estava vulnerável. Ela, inclusive, chegou a pedir para que Bruno Krupp parasse com o ato sexual, o que não aconteceu.

Instagram/Reprodução
Bruno Krupp está sendo acusado de estuprar diversas mulheres - Instagram/Reprodução

BRUNO KUPP É ACUSADO POR MODELO

Ao tomar conhecimento da denúncia, a modelo Priscila Trindade, de 28 anos, revelou que também foi estuprada por Bruno Krupp. A revelação veio por meio de um post no Instagram. Foi aí que diversas mulheres comentaram dizendo que passaram por situações semelhantes. 

Instagram/Reprodução
Bruno Krupp está sendo acusado de estuprar diversas mulheres - Instagram/Reprodução

BRUNO KRUPP É PRESO

Bruno Krupp teve a prisão preventiva decretada pelo atropelamento. Atualmente, o modelo está em um hospital particular no Méier, no Rio de Janeiro. 

BRUNO KRUPP É ACISADO DE ESTELIONATO

Segundo a mesma reportagem do veículo, uma outra acusação foi registrada contra Bruno Krupp. Desta vez, em abril de 2021, a gerente do Hotel Nacional afirmou que o modelo oferecia diárias mais baratas do que as anunciadas no site

Para que a reserva fosse efetuada, Bruno Krupp pedia para que os clientes transferissem dinheiro para uma conta divulgada por ele. O pagamento das compras, então, era feito pelo modelo com cartões clonados. O prejuízo é estimado em R$ 428 mil e Krupp saiu do hotel sem que as fraudes tivesse sido constatadas. 

Instagram/Reprodução
Bruno Krupp está sendo acusado de estuprar diversas mulheres - FOTO:Instagram/Reprodução
Instagram/Reprodução
Bruno Krupp está sendo acusado de estuprar diversas mulheres - FOTO:Instagram/Reprodução

Mais Lidas