LUTO

JÔ SOARES: Apresentador era grande amigo do garçom Alex e dos músicos da banda do Programa do Jô

Saiba mais sobre a relação entre o humorista e seus colegas de programa

Emília Prado
Emília Prado
Publicado em 05/08/2022 às 15:21
Notícia
Reprodução/Facebook
Sexteto do Programa do Jô acompanhou o apresentador desde a época do SBT - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

Jô Soares foi responsável por trazer para o Brasil o formato de talk show com banda ao vivo, que era comum apenas no exterior.

O famoso sexteto era, inicialmente, um quarteto, e acompanhava o apresentador desde o seu programa "Jô - Onze e Meia", no SBT.

Mesmo com a mudança para a TV Globo, o modelo do programa de entrevistas com banda no palco permaneceu, assim como a maioria dos seus integrantes originais.

Alex

Reprodução
Alex ficou conhecido como o garçom do programa de Jô Soares - Reprodução

Os fãs do Programa do Jô percebiam como o garçom chileno era querido pelo apresentador. Alvo das piadas de Jô Soares, Alex divertia o público com suas reações.

Quando o programa acabou em 2016, o funcionário ficou desempregado, foi diagnosticado com um câncer e chegou a morar de favor.

Atualmente, Alex trabalha em uma fábrica de alimentos e mantém um canal no YouTube onde ensina receitas de drinks, o Bar do Alex Oficial.

Derico

.

DIVULGAÇÃO/WERNER HEILIG
Derico era saxofonista no Programa do Jô - DIVULGAÇÃO/WERNER HEILIG

Carinhosamente apelidado de Derico, João Frederico Sciotti era um dos mais extrovertidos da banda. O saxofonista continua trabalhando com música.

Nesta sexta-feira (05), em entrevista ao Bom Dia SP, da TV Globo, o músico lamentou a perda do amigo Jô Soares, que faleceu aos 84 anos.

"É muito triste. Tenho 56 anos e 28 foram trabalhando com ele, que é uma pessoa incrível, foi uma espécie de um pai, mesmo. Ele me ensinou tudo", declarou.

Bira

.

Reprodução/SBT
Bira fez parte do Sexteto do Jô - Reprodução/SBT

Dono da risada mais famosa do Programa do Jô, Ubirajara Penacho dos Reis, ou Bira, foi uma peça icônica da programação noturna.

Bira tocava baixo elétrico na banda e soltava gargalhadas em momentos inesperados do programa, inclusive durante as entrevistas. O baixista faleceu em 2019, aos 85 anos, após sofrer um AVC.

Miltinho

.

Reprodução
Miltinho era baterista no sexteto do Programa do Jô - Reprodução

Milton Ramos de Brito era o baterista do famoso sexteto. Aos 85 anos, Miltinho continua se apresentando em shows com o seu Miltinho Batera Trio, que roda o Brasil em turnê.

Chiquinho

.

Divulgação
Chiquinho era trompetista no Programa do Jô - Divulgação

O trompetista do "Programa do Jô" acumula experiências com grandes nomes da música brasileira, como Renato Russo, Gonzaguinha, Elba Ramalho, Jorge Ben Jor, Nana Caymmi e outros.

Osmar

.

Reprodução
O pianista Osmar Barutti fazia parte do sexteto do Programa do Jô - Reprodução

Osmar Barutti acompanhou Jô Soares desde 1988, no SBT, com o "Jô - Onze e Meia". Pianista da banda, o maestro é também compositor e arranjador, e continua trabalhando com música.

Tomati

.

Divulgação
Tomati, guitarrista do sexteto do Programa do Jô - Divulgação

O mais novo do grupo era Carlos Nascimento, conhecido por todos como Tomati. Guitarrista, ele passou a compor o sexteto em 1998 e ficou até 2015, para se dedicar aos seus projetos musicais.

Em entrevista ao SBT, Jô Soares relembrou início do 'Jô Onze e Meia'

Comentários

Mais Lidas