Zé Teodoro critica arbitragem, mas reconhece erros no Santa Cruz


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/02/2012 às 7:58
Leitura:
Do Blog do Torcedor O técnico do Santa Cruz,  Zé Teodoro, reconheceu, durante a entrevista coletiva aos repórteres, que o Sport foi superior e mereceu a vitoria sobre o seu time no primeiro Clássico das Multidões da temporada. Mas, antes de falar sobre a atuação da equipe, ele fez críticas à atuação do árbitro Ricardo Tavares. "Tenho dado moral, elogiado a arbitragem local, mas tem hora que a gente se decepciona. Ele falou que iria tirar meu jogador no inicio da partida. Existe comportamento que não dá para entender", disse. No entanto, Teodoro assumiu a responsabilidade pela derrota. "Tivemos muitos problemas para armar a equipe. Além dos problemas de última hora (se referindo ao goleiro Tiago Cardoso e o meia Weslley, que foram vetados pelo departamento médico). Mas não pode ser uma desculpa. Nossa equipe não conseguiu criar. Só tivemos 25 minutos de um bom futebol, que agradou a torcida", destacou. Teodoro só não explicou o fato de não ter utilizado o volante Léo e nem o meia Renatinho, ambos atravessando uma boa fase no Santa Cruz. Sem falar na utilização de Carlinhos Bala no meio. O treinador explicou que tirou Bala e Flávio no intevalo do jogo porque os dois atletas haviam recebido o cartão amarelo. Mas, na verdade, os dois atletas não estavam rendendo. Teodoro reconheceu isso ao afirmar que apenas Memo, Diogo e Everton Sena estiveram lúcidos em campo. "Perdemos de cabeça erguida. Não vai ser todas as vezes que vou ganhar do Sport. Vamos manter a calma e os pés no chão", declarou. Confira a entrevista do treinador do Santa Cruz no link abaixo.

Mais Lidas