0x0 fora de casa foi um resultado positivo para o Sport


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/05/2012 às 19:06
Leitura:
Do Blog do Torcedor Com um Santos sem suas estrelas e com um time sem alguns titulares, o Sport conseguiu empatar sem  gols na Vila Belmiro. O placar garantiu o segundo ponto para o rubro-negro no Brasielirão. Foi o primeiro jogo em que o técnico Vágner Mancini esteve na beira do gramado para comandar o  time pernambucano. Apesar de o time não conseguir mostrar um poder ofensivo, o jogo serviu para tirar pontos do time santista. Agora o Sport encara o Palmeiras, na terceira rodada do Brasileirão. O jogo vai ser na Ilha do Retiro e está marcado somente para o dia 6 de junho, devido aos amisotos da Seleção. Já o Santos joga novamente na Vila Belmiro, mas dessa vez contra o Fluminense, também no dia 6. Primeiro tempo O primeiro tempo foi equilibrado na Vila Belmiro. Com o time recheado de reservas, o Santos manteve o domínio do jogo durante o começo do jogo. O Sport, com o meio campo povoado de meias, marcava esperando o momento para o contraataque. Mas quem chegou primeiro foi o Santos. Aos nove minutos, Alan Kardec aproveitou uma falha de Edcarlos para chutar forte, quase abrindo o placar. Tentando mostrar serviço, os reservas santistas tocavam a bola de um lado para o outro. Tanto é que com apenas 11 minutos, o Sport recebeu o primeiro amarelo. Edcarlos deu um carrinho frontal e levou o cartão. O Sport conseguiu chegar com perigo somente aos 22 minutos. Após trocas de passes no meio-campo, Marquinhos Gabriel receveu a bola na intermediária e chutou forte. Aranha foi obrigado a fazer a defesa em dois tempo. Após a primeira chegada, o Sport conseguiu equilibrar mais o jogo. Mas faltava velocidade para ligar a defesa ao ataque. Felipe Azevedo pouco recebeu a bola em boas condições de finalizar. O Santos ainda perdeu um jogador machucado na etapa inicial. Gallhardo sentiu e acabou substituído por Maranhão. Aos 40 minutos, o Santos chegou  forte. Após jogada pela esquerda santista, a bola chegou até Felipe Anderson, que de dentro da área, chutou cruzado. Mas Magrão realizou uma grande defesa. Logo no minuto seguinte, nova jogada pela esquerda. Dessa vez, Alan Kardec cruzou, ou tentou chutar. A bola atravessou a área e veio parar na direita. Maranhão porém chegou um pouco atrasado, perdendo uma chance sozinho. Segundo tempo Sem mudanças, Santos e Sport voltaram para a etapa final tentando sair do zero. Assim como na primeira etapa, os minutos iniciais foram do Santos. Aos sete minutos, Alan Kardec voltou a dar trabalho a Magrão. O atacante santista chutou forte e o goleiro fez ótima defesa. Magrão voltou a aparecer dois minutos depois. Em jogada pela esquerda, o lateral-esquerdo Juan chutou cruzado e, se não fosse o camisa 1, a bola teria entrado.. O Sport chegou forte somente aos 12 minutos. Bruno Aguiar cobrou falta com força. Mas a bola foi no meio de gol e Aranha defendeu sem dificuldades. Sem velocidade para ligar a defesa ao ataque, o time pernambucano acabou sendo envolvido pelo Santos. E o Santos tocou a bola. Tocou. Tocou e tocou. Mas sem tanta objetividade. Sem as estrelas de Neymar e Ganso, os comandados de Muricy Ramalho acabou parando nas mãos de Magrão. Sempre que a bola era alçada na área, lá estava o arqueiro do Sport. Vendo o time sem forças, Muricy mandou Rentería para o ataque. Mas nem o centroavante teve chances. No lado do Sport, Vágner Mancini, sem muitas opções no banco de reservas, não conseguiu superar o bloqueio santista. Tentando dar gás ao ataque, colocou Jheimy. Mas a bola pouco chegou ao camisa 16. No fim do jogo, a polêmica. O assistente anulou um ataque do Sport, alegado impedimento. Os jogadores reclamaram muito da marcação. Porém, o árbitro confirmou o impedimento. E assim terminou o jogo. O Santos sem suas estrelas empatou com o Sport com seu time titular. O empate sem gols na Vila Belmiro agradou mais aos rubro-negros, que voltaram para Recife com um ponto na bagagem. FICHA DO JOGO Santos 0 x 0 Sport Santos: Aranha; Galhardo (Maranhão), Edu Dracena, Durval e Juan; Adriano, Arouca, Gérson Magrão (Rentería) e Bernardo (Henrique); Alan Kardec e Felipe Anderson.. Técnico: Muricy Ramalho. Sport: Magrão; Moacir, Bruno Aguiar, Edcarlos e Rivaldo (Jheimy); Tóbi, Rithelly, Marquinhos Paraná (Reinaldo), Thiaguinho e Marquinhos Gabriel (Renato); Felipe Azevedo. Técnico: Vágner Mancini. Campeonato Brasileiro Série A - 2ª rodada. Data: 27/05/2012. Horário: 16h. Local: Vila Belmiro (em Santos). Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS). Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Tatiana Jacques de Freitas (RS). Cartão amarelo: Edcarlos, Thiaguinho (Sport) Galhardo, Arouca (Santos). Público: 5294. Renda: R$ 113.340 Leia mais: > Para Magrão, o empate sem gols com o Santos foi justo

Mais Lidas