Volante Memo teria entrado na Justiça do Trabalho contra o Santa Cruz


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/12/2012 às 8:58
Leitura:
Da Rádio Jornal O volante Memo Emerson Gomes de Moura teria entrado na Justiça do Trabalho na última quinta (13) pedindo antecipação de tutela e cobrando uma multa de 4,5 milhões de reais do Santa Cruz pelo não depósito de 3 meses do FGTS. O departamento jurídico, através de Eduardo Lopes, vai à Justiça do Trabalho se certificar se o fato está realmente acontecendo, já que o clube não foi intimado. Segundo Eduardo, o depósito do FGTS é feito religiosamente pelo Santa Cruz. Em relação à situação do coordenador técnico Sandro Barbosa, a qualquer momento ele entrega uma carta ao presidente Antônio Luiz Neto, explicando os motivos que o levaram a se desligar do Santa Cruz. Segundo informações do próprio Sandro Barbosa, os motivos foram de cunho pessoal e familiar. Constatinto Júnior, o Tininho, comenta a situação atual do Santa Cruz.

Mais Lidas