Dado Cavalcanti diz que os jogadores do Náutico chegaram ao limite técnico e psicológico


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/11/2014 às 8:01
Leitura:
Da Rádio Jornal A delegação do Náutico já retornou de Juazeiro, no Ceará, onde perdeu para o Icasa, por 3 a 1, em uma partida com alguns desastres. Élder Ribeiro preocupou o departamento médico do time alvirrubro, quando levou uma cotovelada no rosto e cortou as partes interna e externa da face. Furlan levou o terceiro cartão amarelo, ficando impedido de jogar na partida contra o Santa Cruz. O Náutico não aspira mais a possibilidade de subir, e Dado Cavalcanti diz que o time chegou ao limite técnico. Escute, na reportagem do Bola de Primeira:

Mais Lidas