Morre Lula Monstrinho, ídolo do Náutico


Corpo do ex-goleiro do Náutico, Luís dos Santos Costa, será enterrado no Cemitério Parque das Flores

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/12/2014 às 12:14
Leitura:
Foto: reprodução/site do Milton Neves


Ídolo do Náutico nos anos 1960, luíz dos Santos Costa, mais conhecido como Lula Monstrinho, faleceu nessa sexta-feira (26), em decorrência do agravamento de um câncer de garganta. Ele, que tinha 72 anos, estava internado no Hospital Português para tratar a doença, mas acabou não registindo ao agravamento do quadro. O corpo do ex-goleiro do Náutico, Lula Monstrinho, será enterrado no Cemitério Parque das Flores, na Várzea, Zona Oeste do Recife.

Luís dos Santos Costa, o Lula Monstrinho, fez história com a camisa do Náutico na década de 1960, e foi um do pilares dos seis títulos seguidos (o hexacampeonato) que marcam a história do clube, entre 63 e 68. Lula chegou a ser convocado para a seleção brasileira, mas, por motivos físicos, foi cortado e não chegou a joga na Copa de 1970. Saiba mais na reportagem de Leonardo Bóris:

O dentista, ex-futibolista e atual conselheiro do Náutico, Ivan Brondi, conversou com a reportagem da Rádio Jornal contando um pouco da história de Lula, um jogador apaixonado pelo Náutico e sempre disposto a fazer o melhor para garantir o desemprenho do Clube:

CARREIRA ESPORTIVA - Nascido em 16 de janeiro de 1942, em Maceió, Lula Monstrinho começou no futebol com 16 anos, na equipe do Ouricuri, mas chegou no Náutico apenas em 1961. Passou oito anos no clube da Rosa e Silva, conquistando o inédito hexacampeonato do Campeonato Pernambucano, três vezes a Copa do Norte e a melhor colocação nacional do Timbu até hoje: o vice-campeonato da Taça Brasil de 1967 (o equivalente ao Campeonato Brasileiro).

Com o resultado, os alvirrubros foram confirmados na Copa Libertadores do ano seguinte, sendo o primeiro clube pernambucano a conseguir o feito. Pela Seleção Brasileira, Lula Monstrinho chegou a disputar as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1970, mas acabou se machucando antes da convocação oficial da Canarinha para o Mundial, no México.


Mais Lidas