NÁUTICO

Departamento de futebol do Náutico entra em greve


Os funcionários exigem cinco meses de salários atrasados, que incluem férias remuneradas e o 13º salário

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/01/2015 às 12:19
Leitura:

Depois da paralisação dos funcionários do futebol do Clube Náutico Capibaribe, devido ao atraso de cinco meses de salário, a diretoria do clube conversa com os profissionais para decidir se a greve continua ou não. Os meses de outubro, novembro, dezembro, o 13º salário e as férias remuneradas são as cobranças dos funcionários.

Entre as caras novas integrando o grupo que se reapresenta para treinar no centro de treinamento Wilson Campos, neste sábado (03), são apenas os dois jogadores já anunciados pelo time, Jefferson Renan e Josimar, e o goleiro Júlio César só se reapresenta na segunda-feira (05). Outras contratações confirmadas pelo clube são o zagueiro Welton Felipe e o meia Anderson Preto.

O time ainda corre atrás de um segundo volante para substituir Paulinho, que rumou para a Ponte Preta, e o possível contratado seria Felipe Souto. Outros que podem ser contratados são o meia Vander e outros dois atacantes.

Escute mais informações na reportagem de Igor Moura para o Bola de Primeira:


Mais Lidas