POLÊMICA

Comunicador da Rádio Jornal bate-boca ao vivo com presidente da FPF

Evandro Carvalho disse que sentimento de insegurança dos funcionários do Metrô é "frouxura". Ednaldo Santos retrucou dizendo que eles correm risco de vida

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/02/2015 às 11:08
Evandro Carvalho. Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem


Nesta quinta-feira (5), o clima esquentou entre o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, e o comunicador da Rádio Jornal, Ednaldo Santos, durante o programa JC Esportes 10. O programa é transmitido diariamente durante a Voz do Brasdil, apenas pela internet. Também participaram do programa o comunicador Carlos Miguel e a bancada do Blog do Torcedor.

Para Evandro Carvalho, a categoria cruzou os braços por não concordar com o plano de segurança oferecido pela Polícia Militar para evitar atos de violência e vandalismo de torcidas organizadas. O presidente diz ainda que a atitude é irresponsável. "Se eu fosse presidente do Metrô, amanhã mesmo eu estaria na barra da justiça para obter uma liminar que obrigasse eles a cumprir suas funções, sobre pena de serem demitidos", disse.

Foi nesse momento que Ednaldo Santos argumentou dizendo que os metroviários correm risco durante os jogos. "Tem que levar em consideração também, Evandro, que eles correm risco de vida dentro das estações, eles são agredidos", disse. Em resposta, Evandro carvalho foi taxativo: "é frouxura". Ouça o trecho no player abaixo:

Ouça a entrevista completa entre a bancada do JC Esportes 10 e Evandro Carvalho:

VEJA MAIS CONTEÚDO