PERNAMBUCANO 2015

Com dois jogadores a mais, Santa Cruz faz 4 X 0 em cima do Central e leva vantagem para jogo da volta


Sinval e Juninho, do Central, foram expulsos duas vezes do campo. Para levar a vaga, a Patativa precisa ganhar com 5 gols de diferença

Da Rádio Jornal, com informações da FPF
Da Rádio Jornal, com informações da FPF
Publicado em 18/04/2015 às 21:05
Leitura:
Foto: Marlon Costa/Divulgação FPF


Nem o tricolor mais otimista esperava uma vitória do Santa Cruz por 4 X 0 em cima do Central. E quem pensar que, por causa do placar, o jogo entre a Cobra Coral e a Patativa foi fácil, está redondamente enganado. Os times fizeram um duelo de mestres quando entraram em campo no Estádio do Arruda neste sábado (18) pelas semifinais do Campeonato Pernambucano 2015.

No primeiro tempo, o Santa Cruz pressionaou muito, mas o gol só saiu aos 46 minutos, já na prorrogação, com uma cabeçada de Betinho. Logo no primeiro minuto, Nininho levou perigo ao gol da Patativa. Aos seis, foi a vez de Bruninho quase balançar as redes. Com maior posse de bola, o Tricolor voltou a assustar aos 28, em cabeça de Alemão que passou perto. Ouça abaixo, com a narração de Roberto Queiroz:

No começo segundo tempo, o Santa Cruz perdeu um pouco do fôlego, mas continuou pressionando o Central. Aos 14, a Patativa ficou com um jogador a menos, Juninho Silva, que foi expulso por falta em Renatinho. Aos 18, Nininho teve oportunidade de ampliar, mas errou a finalização. Aos 22, os visitantes tiveram o zagueiro Sinval expulso.

O segundo do Santa Cruz só chegou aos 36 minutos do segundo tempo. Daí pra frente, a partida ficou muito mais fácil. A defesa do Central salvou uma bola quase em cima da linha, mas a bola sobrou para Alemão, que soltou uma bomba para balançar as redes. Aos 44, Alemão novamente, de cabeça. fez 3x0 para os corais. No final, aos 44minutos, Betinho aproveitou um erro na saída de bola para fazer 4 x 0.

O próximo confronto acontece no domingo (26), às 16h, no Estádio Luiz Lacerda (Lacerdão), em Caruaru. O Santa Cruz pode até perder por três gols de diferença que chega à decisão. A Patativa precisa vencer por cinco gols de diferença para avançar. Caso o Alvinegro ganhe por quatro gols de vantagem a decisão irá para os pênaltis.

Em entrevista coletiva, o técnico do Santa Cruz tentou esconder o alívio que sentiu com a vitória. "Ainda temos o jogo de volta. Estamos felizes e satisfeitos com o resultado. Mas estamos focados na próxima partida", disse. Já o jogador Alemão, autor de dois gols, deixou claro que quem terá que correr atrás será a patativa. "Fizemos o resultado em casa. O Central terá que fazer quatro gols. A pressão está do lado deles", destacou. Ouça os comentários do Escrete de Ouro e as entrevistas no vestiário após a partida:



Mais Lidas