CAMPEÃO

Ricardinho divide com elenco méritos do conquista do Pernambucano e tem fome de mais


A torcida, compareceu em peso para ajudar o time, foi alvo dos agradecimentos de Ricardinho, que diz querer mais.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/05/2015 às 11:40
Leitura:
Foto: JC Imagem


Aos 38 anos, o técnico Ricardinho escreveu o nome na história do Santa Cruz. O ex-jogador, que foi apresentado a torcida no 15 de dezembro, conquistou nesse domingo (3) seu primeiro título como técnico e o 28º do Santa Cruz. A torcida, compareceu em peso para ajudar o time, foi alvo dos agradecimentos de Ricardinho, que diz querer mais.

Santa Cruz comemora título. Foto: JC Imagem


"Como todo bom profissional, a fome é grande, a partir dessa semana nós já temos outra competição", falou. O técnico Coral ainda ressaltou que o combustível dos profissionais de esportes é sempre o próximo jogo. "Estou muito feliz, mas a partir da quarta-feira nós temos que pensar já na série B".


Mais de 46 mil torcedores foram ao estádio. Foto: Carlos Morais/Rádio Jornal


Confira gol do Santa Cruz na decisão do Campeonato Pernambucano, com narração do garganta de aço Roberto Queiroz:


SALGUEIRO - Mesmo com vice-campeonato, o Salgueiro comemorou o resultado histórico no Pernambucano e já projeta voos maiores. O presidente do Carcará, Clebel Cordeiro, ressaltou que o Salgueiro já é um time respeitado em Pernambuco e adiantou que a meta agora é a “tão sonhada série B do Brasileiro”.

Time do Salgueiro. Foto: JC Imagem


Apesar da derrota por 1 a 0, o semblante dos jogadores do Salgueiro na premiação era de dever cumprido e o Carcará que desbancou Náutico e Sport também foi aplaudido pela torcida tricolor.

Escute a entrevista de Clebel Cordeiro, presidente do Salgueiro:


VANDALISMO - 633 policiais militares foram escalados para dar segurança na decisão do pernambucano, mas reforço na frota não foi suficiente para atender a demanda e alguns torcedores depredaram ônibus. Segundo Genildo Pereira, diretor do Sindicato dos Rodoviários, mais de 50 veículos foram depredados. "As grades de proteção das janelas foram arrancadas, parabrisas traseiros e portas também foram danificados", disse.

Temendo o pior, motoristas e cobradores recolheram os veículos da linha PE-15/Afogados antes do término da partida. Depois do apito final e do título, torcedores também denunciaram arrastões em áreas próximas ao estádio do Arruda. Ouça a entrevista de Genildo Pereira, na íntegra, no áudio abaixo:


Mais Lidas