Timbú

Lisca deve ter problemas para armar a equipe do Náutico


Apesar dos desfalques, Júlio Cesar deve retornar ao gol alvirrubro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/08/2015 às 10:20
Leitura:
Sobre a polêmica Rogério, o jogador tem contrato com o Náutico até o próximo ano, está emprestado ao Vitória e interessa clubes do exterior, principalmente o São Paulo. Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

O Náutico vai treinar logo mais, à tarde, no CT Wilson Campos, na Guabiraba, visando a partida contra o Bragantino neste sábado (15), às 16h30 na Arena Pernambuco. O técnico Lisca vai ter problemas para armar a equipe, Gaston Filgueira sentiu uma dor no joelho direito e Fabiano Eller sentiu a posterior da coxa direita. Os jogadores vão realizar exames e ainda são dúvida para o jogo contra o Bragantino. Douglas está suspenso pelo 3º cartão amarelo além de ter sentido a musculatura da coxa direita e também vai realizar exames.

Júlio Cesar deve retornar ao gol alvirrubro. Sobre a polêmica Rogério, o jogador tem contrato com o Náutico até o próximo ano, está emprestado ao Vitória e interessa clubes do exterior, principalmente o São Paulo, que está querendo levar o jogador. Existe uma grande negociação, de acordo com informações, pois o Náutico tem 65% dos direitos econômicos, mas, 30% pertence a investidores e 25% ao Porto.

O advogado do Rogério na hora que aconteceu toda a transação, Constantino Junior, falou o que exatamente aconteceu durante o processo. "Zeca Cavalcante, na época diretor do Náutico, visando ajudar o clube, conseguiu angariar com mais outros dois conselheiros a quantia de R$100 mil, e repassou ao Clube Náutico Capibaribe para que este junto ao Porto adquirisse parte dos direitos econômicos do atleta e trouxesse o atleta para o Náutico, já que tinha interesse de um arquirival aqui da capital. O presidente concordou em fazer uma operação onde no futuro, quando o Rogério viesse a ser vendido, esses alvirrubros investidores teriam um percentual de 30%, que seria dividido entre os três investidores, que assinaram um documento, assinado pelos três, pelo presidente e pelo atleta. Esse documento está de posse dos três investidores. É muito ruim para o Náutico, o clube na situação que se encontra, financeira e de credibilidade nacional, uma situação dessas", explicou.


Mais Lidas