Leão da Ilha

Jogadores do Sport se reapresentam hoje e começam os trabalhos para o jogo do domingo


A partida completa a primeira metade do Campeonato Brasileiro da série A

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/08/2015 às 11:52
Leitura:
Foto: Carlos Ezequiel Vannoni

Os jogadores do Sport se reapresentam nesta sexta-feira (14) à tarde no CT Presidente José Médice, começando os preparativos para o jogo do domingo, 16h, na Ilha do Retiro, contra a Ponte Preta. A partida completa a primeira metade do Campeonato Brasileiro da série A.

O Sport não vai ter Samuel Xavier, o lateral direito que tomou o 3º amarelo na quarta-feira na arena Itaqueirão, na derrota de 4x3 para o Corinthians, e vai cumprir a suspensão. A primeira opção é Ferrugem, mas ele pertence à Ponte Preta, o Sport vai analisar a questão. Se não der para o ferrugem jogar, Oswaldo será improvisado na lateral direita, Maicon Leite liberado pelo departamento médico. Uma outra questão fica por conta da segunda cabeça diária, Mancha não esteve bem contra o Corinthians e Wendel poderá reaparecer como titular no jogo contra a Ponte Preta.

Sobre a arbitragem de Luís Flavio de Oliveira no jogo contra o Corinthians, muito contestada pelo lance do Pênalti quando a bola bateu no braço do Rithelly, o presidente João Alberto Matorelli ontem se pronunciou a respeito das arbritagens e dos protestos que o Sport vem fazendo junto á comissão de arbitragem. "O Sport em 17 rodadas do o Campeonato Brasileiro, teve que entrar com representação contra a arbitragem em pelo menos 8 das rodadas. Mais uma vez o Sport é prejudicado em um jogo importante do Campeonato Brasileiro, com a marcação de um pênalti inexistente, e nós entendemos que temos que temos que tomar atitudes mais drásticas, atitudes mais sérias e concretas. O que esá acontecendo na arbitragem é uma imoralidade, não existe um esforço efetivo de se mudar o futebol brasileiro. Ele é declaradamente um torcedor do Corinthians, se tivesse moral, devia ter se declarado impedido para apitar o jogo, não teve essa moral, então, se isso não está sendo suficiente, vamos ingressar na justiça pedir indenização pelos danos materiais e morais", afirmou.

Sandro Meira Ritti é quem apita Sport e Ponte Preta domingo na Ilha, com assistencia dos pernambucanos Clóvis Amaral e Francisco Chaves, o 4ºárbitro, também pernambucano, Nielson Nogueira Dias.


Mais Lidas