SUL-AMERICANA

Na estreia do técnico Falcão, Sport empata com o Hucarán


Resultado de 1 a 1 foi alcançado no fim da partida disputada na Ilha do Retiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/09/2015 às 0:00
Leitura:
Foto: André Nery/JC Imagem

Na estreia do treinador Paulo Roberto Falcão, o Sport ficou no empate com o argentino Huracán, nesta quarta-feira (23), na Ilha do Retiro. O resultado de 1 a 1 torna tudo imprevisível, e o Leão pernambucano chegará sem vantagem a Buenos Aires, na decisão das oitavas de final que será disputada na próxima quarta (30), às 22h.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Durante os 45 minutos iniciais de partida, foram poucos os lances perigosos de ambos os lados. Sem muita velocidade, principalmente no meio campo, o rubro-negro tentou fazer um jogo ofensivo, mas falhou em alguns cruzamentos e finalizações. Já o time adversário também procurou marcar nos contra-ataques, mas a defesa da equipe recifense foi competente para afastar o risco da derrota.

O segundo tempo, porém, foi mais emocionante. Aos seis minutos, o meia Marlone fez vários dribles até tocar para o atacante Maikon Leite, que cruzou para André. O atacante foi empurrado por um zagueiro, mas conseguiu cabecear com êxito contra a rede e, portanto, abrir o placar.

Em seguida, aos 28, um lance envolvendo Matheus Ferraz e o atacante Abila na pequena área fez o juiz marcar pênalti em favor do Huracán. O argentino foi derrubado pelo zagueiro do Sport, que levou cartão amarelo. O volante Mauro Bogado foi escalado para cobrar a penalidade máxima e trouxe o jogo de volta ao empate. Aos 38, Marlone bateu uma falta na área. A bola passou pelo Rithely, que cabeceou de forma bem-sucedida. Mas o juiz marcou falta do volante e anulou o tento.

Ouça os gols narrados por Aroldo Costa:


Mais Lidas