TREINO

Pela segunda vez, o Sport treina de portões fechados para enfrentar o Cruzeiro


A delegação embarca nesta sexta (13) e o técnico Falcão guarda informações sobre a escalação

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/11/2015 às 11:19
Leitura:
Foto: Arquivo/Sport Clube do Recife

Na tarde desta quinta-feira (12), os jogadores do Sport se reúnem mais uma vez no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe, em treino de portões fechados. O técnico do time, Paulo Roberto Falcão, tem adotado esta técnica costumeiramente. Este, que é o segundo treino, será seguido por mais um, nesta sexta (13), na Ilha do Retiro, antes do embarque dos jogadores para Belo Horizonte, para jogar no próximo domingo contra o Cruzeiro.

Há uma dúvida sobre a atuação do zagueiro Durval que, em outubro, sofreu uma lesão e foi liberado na terça-feira (10). Por ser o treino de portas fechadas, não se sabe nem se Durval está trabalhando com a bola. Como a delegação embarca na sexta, se o zagueiro não for, Ewerton Páscoa, ao lado de Matheus Ferraz. Ouça abaixo a fala de Matheus Ferraz sobre a sua permanência no Sport, na matéria de José Silvério para o Bola de Primeira:

O técnico do time precisa resolver algumas questões. Uma delas é a substituição do lateral-direito Samuel Xavier que, no último domingo (8), recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Grêmio e precisará cumprir suspensão. Entre as prováveis opções de substituição, aparecem os nomes dos jogadores Ferrugem e Oswaldo. Além disso, o atacante Élber não pode disputar a partida do domingo, já que ele pertence ao Cruzeiro. Entre os prováveis substitutos, estão Maikon Leite e Régis.


Mais Lidas