FAZENDO HISTÓRIA

Degrau por degrau: Santa Cruz faz, em 10 anos, a fantástica caminhada da Série D à Série A


Tricolor caiu 3 divisões em 3 anos e começou arrancada em 2011; Aroldo Costa narrou os três momentos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/11/2015 às 21:02
Leitura:

Uma década passa rápido, mas ao mesmo tempo dá espaço para muita coisa acontecer. Para o Santa Cruz Futebol Clube, 10 anos significaram a mistura dos mais intensos sentimentos que um time de futebol, e uma torcida inteira, podem sentir. Da elite do futebol brasileiro, três rebaixamentos consecutivos, passando pelo fundo do poço e concluindo uma guinada que chama a atenção do Brasil inteiro.

O narrador do Escrete de Ouro da Rádio Jornal, Aroldo Costa, narrou os três momentos em que o Santa fazia história, para cima e para baixo. Foram três quedas: da Série A para a B em 2006, da Série B para a Série C em 2007, e da Série C para a D em 2008. E foram quatro acessos: para a primeira divisão em 2005, para a Série C em 2011, para a Série B em 2013 e novamente para a elite em 2015. Acompanhe essa viagem intercalada com as narrações do "maior gol do mundo", Aroldo Costa, da Rádio Jornal.

2005

Com 19 vitórias em 33 partidas, o Santa Cruz foi o vice-campeão da Série B de 2005. Foi uma campanha impecável. No mesmo ano, o Santa era campeão pernambucano no ano do centenário do Sport e o Náutico deixou escapar a classificação à elite com a famigerada "Batalha dos Aflitos". O acesso do Santa Cruz veio com a vitória de 2x1 em cima da Portuguesa.

2006

Animado pelo acesso no ano anterior, o Santa amarga uma campanha ruim, marcada pela derrota nos pênaltis do bicampeonato para o Sport na final do Pernambucano. Após bons resultados isolados o tricolor termina rebaixado em último lugar.

2007

Se o ano anterior foi ruim, o de 2007 foi pior. Desempenho melancólico no Pernambucano (conquistado pelo Sport) e uma campanha trágica na segunda divisão. O Santa cai pela primeira vez para a Série C em sua história. Ficou em 18º.

2008

Este seria o pior ano da história do Santa Cruz. Desempenho fraco no Pernambucano, vendo o rival Sport ser tricampeão. E no Campeonato Brasileiro da Série C um histórico e traumático rebaixamento para a Série D, a quarta divisão. Era o início de um longo calvário. Neste ano, ficou em 19º e foi eliminado ainda na segunda fase.

2009

Após o declínio para a quarta divisão e de quase ficar sem série para jogar, muitos não esperavam que algo pior acontecesse. Mas o ano foi ruim. Mais um insucesso no Pernambucano, o tetracampeonato estadual do Sport e a não classificação para a Série C marcam 2009. Neste ano, foi elimidado na primeira fase da competição.

2010

Pelo segundo ano seguido, o Santa amarga a quarta divisão. Pelo quinto ano seguido o Sport era campeão estadual. Entra em cena no tricolor o treinador Dado Cavalcante. Uma nova geração de jogadores começa a aparecer, mas não é o suficiente. O Santa segue na quarta divisão. Continuou na quarta divisão neste ano, após ser eliminado na segunda fase.

2011

Foi o ano em que a virada começou. Um início de ano arrasador com a inesperada - e muito festejada - conquista do Pernambucano 2011. Na quarta divisão, batendo recordes de público, o Santa vence o Sport e impede o hexacampeonato do rival. No mesmo ano, enfim, conquista o acesso para a Série C com o vice-campeonato. O vencedor foi o Tupi, de Minas Gerais.

2012

O primeiro ano da Série C foi de esperança. O Santa conquista o bicampeonato estadual em cima do Sport. Contudo, segue na terceira divisão por mais um ano. Ficou em 14º, com 22 pontos, sendo eliminado na primeira fase.

2013

Um ano especial. O Santa é tricampeão pernambucano em cima do Sport mais uma vez. E o acesso para a segunda divisão chegou junto com o primeiro título nacional. Foi o campeão da Série C com 50 pontos. O time entra no ano do centenário na Série B do Campeonato Brasileiro.

2014

No ano do centenário do Santa Cruz, um ano difícil. Fora da decisão, viu o Sport campeão pernambucano. Dentro de casa, no Arruda, a morte de um torcedor atingido por um vaso sanitário leva o time para as páginas policiais. E na Série B, chance de chegar na elite do futebol é adiada. Ficou em nono lugar.

2015

Uma década se completa e o Santa volta para a primeira divisão com uma rodada de antecedência. O jogo do acesso é a vitória de 3x0 em cima do lanterna Mogi Mirim, em Itu (SP), no dia 21 de novembro. De quebra, 2015 ainda trouxe mais um título estadual.


Mais Lidas