EMPATE

Em jogo de portões fechados, Sport empata com o Atlético Paranaense


Resultado de 0 a 0 foi alcançado no fim da partida disputada na Ilha do Retiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/11/2015 às 20:51
Leitura:
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Em partida de portões fechados na Ilha do Retiro, o Sport ficou no empate com Atlético Paranaense, neste domingo (22). O time rubro-negro se mantém vivo na disputa por uma vaga na Libertadores, ocupando a 7ª posição da Série A, com 53 pontos.

Os clubes jogaram sem torcida, devido à punição do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que pune o time rubro-negro com a perda de um mando de campo e multa de R$ 50 mil, devido à briga de torcida que envolveu a facção organizada Torcida Jovem do Sport. O caso ocorreu durante o jogo contra o Coritiba, em partida no dia 2 de setembro, no estádio Couto Pereira, no Paraná.

O primeiro tempo foi equilibrado, com alguns lances perigosos de ambos os lados. Com dois cartões amarelos, um para Hernane Brocador e outro para Élber, o Sport manteve a marcação, assim como o Atlético, mas errou feio nas finalizações, o que prejudicou os leoninos. Aos 27 minutos, Marlone foi empurrado, mas a arbitragem não marcou falta e os rubro-negros reclamaram.

O segundo tempo foi marcado pela mesma intensidade na marcação. Aos sete minutos, Hernane Brocador marcou um o gol para o Sport, mas houve impedimento marcado corretamente. Depois, o time do Paraná começou a focar na defesa, enquanto o Sport continuou no ataque.

Um fato curioso é que, antes do jogo, os dois times somavam números bastante parecidos no Brasileirão 2015. Com 24 jogos, sete vitórias e dez empates cada, tanto o Leão quanto o Atlético ostentavam um placar de 28 gols marcados.

O Leão continua secando o Santos, Internacional e São Paulo, tendo que enfrentar e ganhar do Corinthians na Arena Pernambuco, se quiser chegar no G-4.

Veja abaixo a Ficha Técnica do jogo:

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza; Élber, Hernane Brocador (Walace) e Marlone (Régis). Técnico: Falcão.

Atlético-PR: Weverton; Eduardo (Pereirinha), Vilches, Cleberson e Roberto (Evandro); Otávio, Barrientos e Marcos Guilherme; Sidcley, Walter e Nikão (Hernani). Técnico: Cristóvão Borges.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes: Luiz Cláudio Regazzone (RJ) e Marcelo Soares Maciel (GO). Gols: 0. Cartões amarelos: Hernane Brocador, Elber, Rithely, Walter e Barrientos.


Mais Lidas