ELEIÇÕES

Com 10 votos de diferença, economista Marcos Freitas é eleito presidente do Náutico


Chapa vencedora recebeu 777 votos contra 767 do adversário Edmar Melo. Pleito teve 17 votos nulos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/12/2015 às 7:24
Leitura:
Os vencedores, Marcos Freitas e Ivan Brondi. Foto: João Victor Amorim

Na eleição mais acirrada da história do futebol pernambucano, o economista Marcos Freitas foi eleito o novo presidente do Clube Náutico Capibaribe para o biênio 2016/2017. Com apenas dez votos de diferença, o candidato eleito na noite do domingo (13) foi o da chapa Náutico de Todos, que terá Ivan Brondi como vice-presidente.

Ao todo, 1.561 pessoas votaram, sendo 17 nulos, 777 votos para a Náutico de Todos (49,77%) e 767 para a chapa oponente, Vermelho de Luta, Branco de Paz, de Edno Melo e vice-presidência de Ubirajara Tavares (49,13%).

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

No Conselho Deliberativo, a chapa vencedora foi a do grupo Vermelho de Luta, Branco de Paz, com a chefia de Gustavo Ventura, que recebeu 806 votos (51,63%). A chapa capitaneada por Túlio Ponzi, Náutico de Todos, obteve 699 votos (44,78%).

Em clima pacífico, Marcos Freitas pregou a união do clube acima de tudo.“Acabei de trocar a camisa. Peço para que todos retirem as suas. Não tem Vermelho de Luta, Branco de Paz, não tem Náutico de Todos. Acabou a eleição. Somos todos alvirrubros”, disse. Ouça abaixo:

“Tivemos um dia de muita alegria e satisfação porque preservamos, com respeito e dignidade, uma das melhores instituições do mundo: a democracia. Ao longo de todos esses anos, eu e Ivan, meu querido vice-presidente, colaboramos e vamos continuar ajudando o clube. Preciso da mente, dos braços e dos bolsos de todos os torcedores alvirrubros para fazer um clube forte”, completou Marcos Freitas.


Mais Lidas