PERNAMBUCANO 2016

Inspirado, Sport goleia Central por 4 X 0 em uma Ilha do Retiro vazia


Sem Matheus Ferraz, o Leão foi pra cima do Central e conseguiu arrancar três pontos do lanterna

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/03/2016 às 18:59
Leitura:
Sport vai torcer por um tropeço do Salgueiro e do Náutico para continuar na liderança. Foto: Guga Matos/JC Imagem


O placar foi bonito, já o publico, uma negação. O Sport, time que tem o melhor ataque do Campeonato Pernambucano de 2016, entrou em campo neste sábado com vontade de brigar pela primeira colocação na tabela. O Leão foi pra cima do Central e conseguiu arrancar um placar de 4 X 0 do lanterna. O Sport agora tem 13 pontos e chegou provisoriamente ao topo da tabela.

Para quem acompanhou a partida de casa, o jogo foi dividido em dpos "subjogos". O primeiro e o segundo tempo foram radicalmente diferentes e deixaram o torcedor na dúvida se o Leão voltou para ficar ou se o Central não fez questão de lutar um pouco mais pelo placar. Já para os que fizeram questão de assistir na Ilha do Retiro, o cenário foi desolador. Com um público de apenas 3.239, o Sport só mereceu ser chamado de Leão do meio pro fim do jogo.

Ouça dos gols na voz de Aroldo Costa:

Os autores da goleada foram Gabriel Xavier, Luiz Antônio, Lênis e Vinicíus Araújo. O Leão agora tem o mesmo número de pontos de Salgueiro e Náutico, mas maior saldo de gols. Para continuar no topo da tabela, o Leão precisa que o Salgueiro perca para o Santa Cruz nesse domingo (13) e que o América derrote o Náutico na próxima segunda-feira (14).

O Sport volta a campo no próximo sábado (19), contra o América, no Arruda. Já o Central, que tem apenas um ponto ganho e saldo de gols negativo em 10, enfrenta o Salgueiro no domingo (20).

FICHA DO JOGO

SPORT

Danilo Fernandes; Samuel Xavier (Maicon da Silva), Durval, Oswaldo Henríquez e Renê; Rithely, Serginho, Luiz Antônio e Gabriel Xavier (Juninho); Lenis e Túlio de Melo (Vinícius Araújo). Técnico: Falcão.

CENTRAL

Juninho, Gustavo, Márcio, Everton (Jonatas) e Sadrak (Fabinho); Charles Wagner; Moisés, Giso e Araújo. Candinho e Lourival (Índio). Técnico: Flávio Barros.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Wagner Cabral Miranda. Assistentes: Elan Vieira e Aldir Pereira. Cartões Amarelos: Jonatas e Gustavo. Gols: Gabriel Xavier (16 do 1º), Luiz Antônio, Lênis e Vinícius Araújo (6, 8 e 26 do 2º). Público: 3.239 torcedores. Renda: R$ 69.246,08.


Mais Lidas