DESCLASSIFICAÇÃO

Jogo fraco e desorganizado tira o Náutico da Copa do Brasil em pleno aniversário

No dia que completou 115 anos, o time precisava vencer o Vitória da Conquista, mas não passou de um empate

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/04/2016 às 7:52
Leitura:
Foto: André Nery/JC Imagem

O aniversário de 115 anos de existência do Náutico acabou não trazendo presentes para o time ou a torcida. Fazendo um péssimo jogo, talvez o pior sob o comando de Gilmar Dal Pozzo, o timbu empatou com o Vitória da Conquista por 1 x 1 e foi desclassificado da Copa do Brasil na noite da última quinta (7). Para completar, ainda perdeu R$ 300 mil.

Agora, sem a Copa do Brasil no horizonte, o Náutico deve focar no Campeonato Pernambucano. Se empatar a partida contra o Salgueiro no próximo domingo (10), fica como primeiro colocado no hexagonal do título. Para este jogo, Dal Pozzo não vai contar com Ronaldo Alves e Daniel Morais.

Questionado se o primeiro tempo da partida de ontem foi decisivo para a desclassificação, Dal Pozzo concordou. Para ele o time jogou de maneira desorganizada e muito abaixo da qualidade habitual. Ouça a fala completa na reportagem de Leonardo Bóris:

Mais Lidas