POLÊMICA

Governo quer final do Pernambucano na Arena. Santa e Sport são contra

O secretário de Turismo, Esporte e Lazer de PE, Felipe Carreras, pretende levar as duas partidas da decisão para a Arena Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/04/2016 às 14:22
Leitura:
Imagem: JC Imagem


O secretário de Turismo, Esporte e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, confirmou que pretende levar as duas partidas da decisão do Campeonato Pernambucano para a Arena Pernambuco. Os confrontos vão acontecer nos dias 4 e 8 de maio, respectivamente no Arruda e Ilha do Retiro. O comentarista Ralph de Carvalho dá sua opinião:

O vice-presidente de futebol do Santa Cruz, Constantino Júnior, em entrevista ao programa Assunto é Futebol 2º Tempo, afirmou que quer manter o jogo no Arruda. “Uma operação de jogo dá um trabalho imenso. Ontem, tivemos uma reunião com o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, para tratar de reciprocidade de ingressos, como vai ser o acesso nos estádio, queremos casa cheia. O Santa não vai abrir mão,” disse.

Ouça a entrevista completa do vice-presidente de futebol do Santa Cruz, Constantino Júnior:

No entanto, o presidente do Sport, Humberto Martorelli, em seu site oficial, afirmou que a decisão do Estadual acontecerá em casa, na Ilha do Retiro. “Nesse momento, iremos priorizar outros valores. Queremos o título e não podemos abrir mão dessa vantagem”, afirmou.

A nota rubro-negra na íntegra:

A Ilha do Retiro pulsa. Ela pulsa paixão, raça, comprometimento. Pulsa na batida acelerada dos corações de milhares de rubro-negros. A Bombonilha não é um caldeirão à toa. Ela se torna um verdadeiro pesadelo para os adversários devido ao peso histórico do preto e encarnado. Considerando essa importante vantagem competitiva na busca pelo título do Campeonato Pernambucano, a prioridade vai além da questão financeira que possa estar vinculada à possibilidade de mandar a partida na Arena Pernambuco.

Dessa forma, o presidente João Humberto Martorelli informa à nação rubro-negra que a decisão do Estadual acontecerá em casa: no solo sagrado da Ilha. A nossa vantagem é a nossa casa. A nossa vantagem é ter os torcedores apoiando os 90 minutos. E é isso que vai guiar a última partida. O signo de valentia não nos apartará. “Nesse momento, iremos priorizar outros valores. Queremos o título e não podemos abrir mão dessa vantagem”, afirmou Martorelli.

No dia 8 de maio, esperamos a torcida na Ilha do Retiro em busca de mais uma taça.

Mais Lidas