ESPORTES

De rejeitado pela torcida a “Edmito” na arquibancada do Arruda


Não demorou muito para o atacante Edmilson dar a volta por cima e marcar o gol da vitória no clássico contra o maior rival do Sport, o Santa Cruz

Renata Andrade
Renata Andrade
Publicado em 02/06/2016 às 15:03
Leitura:
Foto: JC Imagem

Uma contratação sempre deixa o torcedor esperançoso pelo que o atleta pode render dentro de campo. A diretoria rubro-negra na Era Oswaldo de Oliveira, trouxe dois jogadores até o momento, o goleiro Argel ex-Joinville e o contestado atacante Edmilson que veio do RB Brasil. A esperança em relação ao Edmilson, antes mesmo dele chegar ao Sport, não era tão boa nas Redes Sociais. A torcida inclusive, levantou uma hashtag #ForaEdmilson, que deu muito o que falar. Mas o que o público não esperava era que ele ia dar a volta por cima tão rápido.

“Futebol é maravilhoso, eu não falo surpresa porque a gente trabalha para isso. Nós somos julgados a todo momento, é a nossa cultura, infelizmente o Brasil é assim, mas sei que quando cobram é porque sabem que eu posso dar mais,” disse Edmilson. “Agradeço primeiramente a Deus, minha família, diretoria e meus companheiros por ter acreditado no meu trabalho, ” completou o atacante de 33 anos.

Ouça as entrevistas completas na saída de jogo do Clássico das Multidões nessa quarta-feira:

Na primeira partida como titular contra o Corinthians, ele mostrou o cartão de visita se movimentado bem a até colocou uma bola na trave. O gol estava maduro. A oportunidade surgiu no clássico contra o maior rival do Leão, o Santa Cruz em pleno Arruda. Fez o gol da vitória, e a torcida que esperava pelo bom desempenho do atleta dentro de campo, mudou o discurso, na arquibancada do Arruda apenas se ouvia, "Edmito".

Escute o gol da vitória do Sport por 1x0 contra o Santa Cruz narrado pelo Maior Gol do Mundo, Aroldo Costa:

Ele chegou para acabar com a carência de gols no Sport, principalmente em relação aos atacantes. A exemplo, quando Vinícius Araújo entrou na equipe, o centroavante do Leão passou em branco nas três primeiras rodadas da Série A. Aliás, ele sequer havia chutado para gol. O Sport já estava a oito jogos sem vencer e além disso, quebrou uma invencibilidade do Santa Cruz que já durava 18 jogos. A expectativa da torcida rubro-negra agora é que ele repita a boa atuação no restante dos jogos, volte a fazer a torcida vibrar e faça jus ao apelido, “Edmito”.

Confira outras informações do Leão na matéria do repórter Leonardo Boris:


Mais Lidas