ESPORTES

Felipe Carreras vê como desafio melhorar a mobilidade para a Arena


O secretário de esportes, turismo e lazer do estado participou do Assunto é Futebol 2º Tempo e falou sobre diversos assuntos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/06/2016 às 14:14
Leitura:
Foto: RenataAndrade/RádioJornal

O secretário de esportes, turismo e lazer de Pernambuco participou nesta segunda-feira (13), do Assunto é Futebol 2º Tempo e falou sobre diversos assuntos, Arena Pernambuco, mobilidade, clubes e outros. Quando questionado sobre a contrato do Náutico com o estádio, o secretário deixou claro que o governo não tem nenhum compromisso com os contratos celebrados anteriormente.

Com a separação da Arena Pernambuco com a Odebrecht, o governo assumiu de forma interina. “São 29 contratos feitos pela Arena e agora, o governo está negociando todos os contratos, ” disse Carreras. “O Náutico é um capítulo especial, eu já iniciei um canal de diálogo com os dirigentes e o governo quer manter a parceria, ” completou o secretário.

O clube tem uma boa média de público no estádio, segundo dados de Carreras, o Sport fez sete jogos na Arena com uma média de 26 mil torcedores. Já a média de público do Leão na Ilha do Retiro em 12 partidas, foi de 16 mil. O Santa Cruz realizou oito jogos no estádio, com uma média de 18.126 torcedores.

Sobre a mobilidade na ida e volta da Arena Pernambuco, o secretário Felipe Carreras afirmou que tem bons exemplos e ainda muito para corrigir, “é um desafio nosso melhorar, é um equipamento que está em amadurecimento, as pessoas precisam ter a sensibilidade para utilizar o transporte público, enfatizou.

O secretário concluiu que pretende anunciar em breve outros serviços na Arena, exemplo, show internacional no segundo semestre, “tenho procurado empresários, talvez tenhamos até dois shows no segundo semestre, dentro de um prazo de 10 dias eu devo trazer essa informação, ” concluiu.

Ouça a entrevista completa com o secretário Felipe Carreras:

[uolmais_audios 15894361]


Mais Lidas