Torcidas Organizadas

ESPECIAL: Quinze anos de medo


Em 2001, um jovem foi a primeira vítima dos confrontos das Torcidas Organizadas em Pernambuco

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/07/2016 às 10:56
Leitura:
Foto: divulgação / internet

Há 15 anos ocorreu a primeira morte em consequência dos confrontos das Torcidas Organizadas em Pernambuco. Nesse período, as ações desses grupos aumentaram consideravelmente. Famílias foram destruídas, sonhos interrompidos e rotinas alteradas. A Rádio Jornal, em parceria com o Jornal do Commercio, inicia a série "Quinze anos de medo" que mostra essa triste realidade. Vão ser abordados vários assuntos como famílias que sofrem violência, ações do Ministério Público e da Justiça, origem das facções e possíveis soluções.

Na matéria desta segunda-feira (11), ouça os relatos de pessoas que tiveram familiares vítimas das torcidas. Pela primeira vez, três parentes que partilharam da mesma dor se conheceram. Uma estudante, que teve o irmão alvejado em frente ao estádio dos Aflitos, em 2013; uma dona de casa, que teve o filho atingido na cabeça por uma pedra jogada das arquibancadas do Arruda, em 2007; e um autônomo, que teve o filho morto após ser atingido por um vaso sanitário no Arruda, em 2014.

Confira a reportagem:

A produção é de Haim Ferreira e Leonardo Vasconcelos, do Jornal do Commercio, com o apoio de Renata Andrade, da Rádio Jornal.


Mais Lidas