BRASILEIRÃO

Rithely diz que equipe fará o máximo para não sentir ausência de Diego

O volante Rithely concedeu entrevista ao repórter João Victor Amorim e falou sobre ausência de Diego Souza. Atleta comentou ainda sobre Olimpíada e situação do Sport

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/08/2016 às 16:41
Leitura:
Foto: Williams Aguiar/ Sport

O volante do Sport Rithely concedeu entrevista ao repórter João Victor Amorim, neste sábado (6), véspera do confronto contra o Figueirense, em Florianópolis. Ele falou sobre olimpíadas, sobre surpresas e decepções da série A até agora e comentou ainda qual a briga do time daqui para frente na competição.

Questionado sobre a realização da Olimpíada no Brasil, o atleta mostrou que não é a favor. “Se não tivesse tanto superfaturamento lógico que eu seria. Mas rola muita confusão, fica muita coisa escondida em baixo do tapete”, comentou o volante rubro-negro. “O povo aqui sempre tem aquela de levar no jeitinho brasileiro. Deixa tudo para a última hora e acaba que a festa não fica tão bacana como deveria ser”, concluiu.

Confira a entrevista completa:

Há quatro jogos sem perder, com três vitórias e um empate, Rithely diz que é importante o Sport manter o ritmo. “A gente tem que fazer um bom jogo para manter essa boa sequência. A gente já passou por momentos bem complicados nessa competição”, destacou.

Ele admite a dificuldade da ausência de Diego Souza, supenso após receber o terceiro cartão amarelo, mas lembrou que a equipe vai dar o melhor dentro de campo. “O grupo é bom, é qualificado e vai fazer o máximo para não sentir a ausência do Diego”, comentou.

Rhitely disse que é importante pensar nos jogos do Campeonato Brasileiro e em conquistar pontos para ficar longe da zona de rebaixamento, antes de fazer planos como a Sul-Americana. “Cada jogo é uma final”, comentou. “Vamos jogo a jogo, procurando conquistar os três pontos e depois que a gente tiver os pontos é que a gente vem pensar em voos maiores”, acalmou o volante.

FIGUEIRENSE X SPORT

O Sport enfrenta o Figueirense pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, às 18h30. O jogo no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, será transmitido pela Rádio Jorna. A narração será de Roberto Queiroz, os comentários de Ralph de Carvalho e André Luiz Cabral e reportagens de João Victor Amorim. Acompanhe pelas frequências AM 780 e FM90.3 ou pelo site da Rádio Jornal.

Mais Lidas