TIMBU

Jogadores do Náutico não treinam e denunciam salários atrasados

Os jogadores do Náutico não realizaram trabalhos na tarde desta quinta-feira (27) no CT Wilson Campos e denunciaram situação do clube

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/04/2017 às 17:20
Leitura:

Imagem

Os jogadores do Náutico não realizaram trabalhos na tarde desta quinta-feira (27) no Centro de Treinamento (CT) Wilson Campos. O técnico Milton Cruz, que chegou de viagem, junto com Ivan Izzo, seu auxiliar. O motivo: salários atrasados.

A assessoria do Náutico convocou toda a imprensa para o auditório do CT, onde os jogadores, todo o elenco completo e os funcionários para falar sobre a situação. O porta-voz, o meia Marco Antônio, explicou que as atividades estão suspensas.

O próprio Marco Antônio está há seis meses no clube, e segundo o atleta, recebeu apenas 1 mês de salário de imagem, equivalente a 50% dos seus vencimentos. Segundo o meia do Náutico, tem atletas no elenco com situação ainda pior. Os atrasos salariais, no entanto, variam de acordo com o jogador.

Após o pronunciamento do Marco Antônio, o presidente do Náutico, Ivan Brondi, esclareceu a situação aos jogadores. As atividades no Náutico voltarão amanhã ao normal.

Emerson Barbosa assumiu a vice-presidência de futebol. Além disso, foi anunciado que Diógenes Braga foi convidado pra compor a direção. Zeca Cavalcante e Sérgio Lins, também. Os dois primeiros ainda não responderam.

Confira os detalhes na reportagem de Igor Moura:

Veja depoimento do jogador Marco Antônio:

Programação mantida

Mesmo com a paralisação deflagrada pelo elenco alvirrubro na tarde de ontem (27), a diretoria do clube confirmou que a programação de treinos será mantida para esta sexta-feira (28), com atividades no CT Wilson Campos marcadas para às 15h30, e tudo voltará ao normal.

Mais Lidas