PERNAMBUCANO 2017

Salgueiro empata com Sport no fim e deixa decisão em aberto pro Sertão

Com uso do árbitro de vídeo, Sport e Salgueiro empataram em 1x1. Placar igual aumenta adrenalina da final que só acontece dia 18 de junho

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 07/05/2017 às 18:11
Leitura:

Imagem

Com um gol de pênalti no último minuto do segundo tempo, o Salgueiro empatou com o Sport dentro da Ilha do Retiro na tarde deste domingo (7) e está tudo igual agora na disputa pelo título de campeão pernambucano de 2017. Em uma partida marcada pelo equilíbrio e pelo inédito uso do árbitro de vídeo no Brasil, o time recifense foi mais ofensivo, mas esbarrou no goleiro da equipe sertaneja.

As duas equipes fazem a partida decisiva apenas no mês que vem, no dia 18 de junho. Escute os gols da partida na voz de Roberto Queiroz, o "garganta de aço" do Escrete de Ouro da Rádio Jornal:

» Brasil estreia Árbitro de Vídeo na final do Campeonato Pernambucano

Sport mais ofensivo

Imagem

Do início ao fim do jogo, o time do Sport foi o que mais teve chances de gol e acuou o time do Salgueiro, que soube se segurar bastante, evitando que o adversário conseguisse emplacar. Logo aos quatro minutos da partida, o rubro-negro tentou o gol com Rogério, mas foi parado pelo goleiro Mondragon, um dos protagonistas do dia.

Aos 17 minutos do primeiro tempo o Sport chegou perto de novo, mas ficou no impedimento. Aos 19, uma ameaça por parte do Salgueiro deu susto no Sport, mas sem efeitos. De tanto tentar, o Sport conseguiu abrir o placar aos 27 minutos do primeiro tempo pelos pés de André, que recebeu de jogada de Rithely.

O gol deu segurança para o Sport e mais tranquilidade para a torcida. Reclamando da arbitragem, Samuel Xavier, do Sport, levou cartão amarelo no final do primeiro tempo. O Sport ainda levou outro cartão amarelo em cima de Rogério, antes de ir aos vestiários.

Goleiro decisivo

No segundo tempo, o Sport partiu com tudo no intuito de ampliar o placar e ter mais conforto para o jogo da volta. O modelo ofensivo empurrou o Salgueiro para a defesa e fez brilhar o goleiro do time sertanejo, Mondragon, estrela do embate.

Logo aos seis minutos do segundo tempo, Durval cabeceou para o gol e foi frustrado por uma grande defesa de Modragon. o goleiro também segurou a tentativa de gol de Matheus Ferraz aos 39 minutos do segundo tempo.

Estreia do árbitro de vídeo

No último minuto da partida, aos 49 do segundo tempo, Raul Prata, do Sport, derrubou Toty na área e o árbitro José Washington recorreu ao inédito árbitro de vídeo, que estreou no Brasil no jogo entre Sport e Salgueiro. Após longos seis minutos de consulta, o juiz confirmou o pênalti. Jean Carlos não titubeou, marcou e deixou tudo igual no último lance da partida.

Para o técnico Ney Franco, não foi pênalti. "Não quero transferir a responsabilidade do jogo hoje para isso. A gente viu claramente pela TV que não foi pênalti", diz. "É lamentar que o árbitro, na minha opinião, errou duas vezes. Errou durante a partida e errou de novo vendo o vídeo. É pena que foi feito todo um aparato e infelizmente eles erraram", afirma. "Deviam colocar árbitros experientes", sentencia.

Agora é no Sertão

O primeiro jogo da semifinal do Campeonato Pernambucano 2017 teve um total de 22.757 torcedores na Ilha do Retiro, com uma renda de R$ 501.175,00. A partida decisiva está marcada para o dia 18 de junho, um domingo.

Pela primeira vez na história o campeonato estadual será decidido no sertão de Pernambuco, no estádio Cornélio de Barros, casa do Salgueiro. Qualquer vitória simples dá o título para qualquer uma das esquipes. Já um empate leva o jogo para os pênaltis.

Mais Lidas