Copa do Brasil

Buscando um recomeço, Santa Cruz faz estreia na Copa do Brasil


Tricolores encaram o Atlético-PR pelo primeiro duelo das oitavas de final da Copa do Brasil; embate também marca o reencontro de Grafite com o Santa Cruz

Antônio Gabriel Machado
Antônio Gabriel Machado
Publicado em 10/05/2017 às 13:14
Leitura:

Imagem

Depois de acumular frustrações na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz tenta um recomeço hoje, às 21h45, pela Copa do Brasil. Os tricolores irão estrear no certame nacional diante do Atlético-PR, no Arruda, em um duelo que também marca o reencontro de Grafite com a torcida coral depois de sua saída no final do ano passado para o Furacão.

Confira a reportagem de José Silvério.

O embate é considerado difícil, visto que o adversário desta noite disputa a Copa Libertadores e a Série A do Campeonato Brasileiro, mas mesmo assim o técnico Vinícius Eutrópio, durante os três dias disponíveis de treinamento, fez questão de deixar o time o mais organizado possível, e trabalhou o aspecto psicológico de todo o elenco. Em coletiva durante a semana, Eutrópio disse acreditar na classificação do Santa.

Na escolha da onzena inicial, o comandante tricolor promoveu mudanças e terão alguns desfalques. O atacante Halef Pitbull foi vetado por conta de uma lesão na coxa direita, e o meia Léo Costa é dúvida com dores no pé direito. André Luis, cria da base coral, deve ganhar uma vaga no time titular por acumular boas atuações. Outra mudança está por conta de Eutrópio, que deve escolher entre Tiago Costa e Roberto para ocupar a lateral esquerda.

Com isso, o provável time do Santa Cruz é composto por: Júlio César; Vítor, Anderson Salles, Bruno Silva, Tiago Costa (Roberto); David, Elicarlos, Léo Costa (Pereira); Thomás, André Luís e Júlio Sheik.

Um velho conhecido

Do outro lado, o Furacão chega ao Recife com um velho conhecido da torcida do Santa. Grafite, que deixou o clube no final da temporada passada, irá reencontrar o estádio do Arruda depois do crescimento de rumores da sua volta ao clube no início desta semana.

Se o G23 saiu deixou tricolores em alta, com 24 gols na temporada, hoje ele vive uma má fase. Em 11 jogos pelo Atlético-PR, apenas um gol marcado. No último jogo, o Furacão acabou perdendo para o San Lorenzo em casa pelo placar de 3x0, e quer curar a ressaca da goleada na capital pernambucana.

O provável time do técnico Paulo Autouri é composto por: Weverton; Gustavo Cascardo, Wanderson, Paulo André, Sidcley; Otávio, Eduardo Henrique (Matheus Rossetto), Lucho González; João Paulo, Grafite (Crysan) e Eduardo da Silva.

De fora, o lateral direito Jonathan, o zagueiro Thiago Heleno, o volante Deivid, o meia Carlos Alberto e os atacantes Felipe Gedoz, Nikão e Douglas Coutinho, totalizam sete desfalques.

Arbitragem

No comando do apito estará Grazianni Maciel Rocha (RJ), auxiliado por Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ).


Mais Lidas