SÉRIE A

Tabus do futebol existem, mas são quebrados, diz Luxa após Sport vencer Bahia na Fonte Nova

Luxemburgo elogiou os jogadores do Sport e aproveitou a ocasião para enviar uma mensagem de conforto a Abel Braga, técnico que perdeu o filho ontem (29)

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/07/2017 às 18:44
Leitura:

Imagem

O técnico Vanderlei Luxemburgo falou sobre a vitória do Sport por 3 a 1 para o Bahia. Ele elogiou a atuação da equipe e falou sobre o resultado que saiu após quase 30 anos sem vencer a o time baiano fora de casa.

A última vez que o Sport havia vencido o Bahia na casa do adversário tinha sido em 1989. “Os Tabus do futebol existem, mas eles são quebrados”, destacou Luxemburgo.

Luxemburgo foi só elogios ao time do Sport e disse que o elenco jogou "sem medo de ser feliz, sem medo de jogar”. "A vitória foi boa, mas o que mais me agradou foi como a equipe jogou", disse.

Questionado sobre o placar pequeno da partida, o treinador pareceu satisfeito, mesmo com a quantidade de gols perdidos. “Acho que o placar foi justo”, disse. "Você cria bastante possibilidade, mas não consegue fazer todas em gol", explicou. "O importante é que a vitória foi expressiva", elogiou, acrescentando que a equipe não teve medo de jogar.

Ouça a entrevista completa com Luxemburgo:

A equipe do Sport viaja ainda neste domingo (30) e à 0h05 desembarca no Aeroporto Internacional do Recife. Com pouco tempo para descansar, os jogadores se reapresentam na tarde desta segunda-feira (31), a partir das 15h30 no CT em Paratibe.

Solidariedade ao técnico Abel

O técnico do Fluminense, Abel Braga, perdeu o filho João Pedro Braga, de 18 anos, neste sábado (29). O garoto morreu após cair da janela do apartamento da família, uma cobertura, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro.

Vanderlei Luxemburgo prestou solidariedade ao amigo e enviou uma mensagem de conforto durante a coletiva. "A dor de perder um filho só quem perdeu pode imaginar e mensurar isso. Queria mandar um abraço e beijo carinhoso", falou o técnico. “Ele deve estar muito machucado, muito sentido e é uma coisa muito difícil de entender. Só Deus”, lamentou.

Mais Lidas