Entrevista

Sabia que estava complicado, mas não tanto, diz presidente eleito do Náutico após WO


Após comparação com o América-PE, Edno Melo disse que 'o Náutico é grande'

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 28/09/2017 às 11:18
Leitura:

Imagem

O presidente eleito do Náutico, Edno Melo, classificou como um 'episódio lamentável' a eliminação por W.O do sub-17 Timbu na Copa do Brasil da categoria, na noite da última quarta-feira no estádio Ademir Cunha, em Paulista. Em entrevista à Rádio Jornal, o futuro mandatário alvirrubro afirmou que tinha conhecimento da situação complicada da categoria, mas não sabia da gravidade da situação.

"É um episódio que como torcedor e dirigente é lamentável. Estamos em setembro e o sub-17 não tinha sequer um time inscrito. Eu sabia que a situação estava complicada, mas não a esse ponto de levar um WO numa competição. A gestão de Gustavo Ventura tem menos de 20 dias, como você tem uma divisão de base sub-17 e não tem inscrito? Não faz sentido", disse Edno Melo.

Ouça a entrevista de Edno Melo na íntegra

Edno também revelou que os oito jogadores inscritos para o jogo da Copa do Brasil sub-17 eram da categoria sub-20 do Náutico que estavam regularizados. "Os outros eram cadastrados no sub-20. Como essa categoria tinha disputado competições recentes, esses oito jogadores estavam regulados, por isso que tinha oito jogadores ainda. Temos que resolver e achar solução pra isso, para que um episódio triste desse não volta a acontecer".

O presidente eleito também deixou claro que a crise vivida pelo Náutico é momentânea e rechaçou a comparação do clube alvirrubro com o América-PE.

"De jeito maneira, não tem condições do Náutico virar o América. Somos uma instituição centenária, um time grande. O Náutico está anos-luz do América. Estamos passando por uma crise. A crise passa e a instituição fica. Precisamos estabelecer processos. Essa desclassificação do Náutico foi falta de processo. Se tivesse normatizado, todas as gestões que entraram teriam feito. Precisamos mostrar para torcida que estamos administrando de uma forma diferente, estamos sendo austeros e pagando os jogadores. Não está no caminho do América nem coisa nenhuma", afirmou Edno.

Volta aos Aflitos

Admitindo um cenário com o Náutico na Série C em 2018, Edno Melo afirmou ainda que a primeira atitude a ser tomada pelo Timbu será a volta ao estádio dos Aflitos.

"Se o time for para a Série C, a primeira coisa que tem que acontecer é reinaugurar os Aflitos. Diga-se de passagem, estamos indo em passos largos para voltar. Demos entrada no processo das licenças junto a prefeitura e adiantou bastante esse processo. Voltando para os Aflitos, essa verba da Série B reverte ela com o público e com a torcida junto. Ainda temos chances, temos 12 rodadas. Se encaixamos duas vitórias seguidas, sendo uma fora, temos boa chances", concluiu Edno.


Mais Lidas