Náutico

Após o jogo, técnico do Náutico reclama da arbitragem


Roberto Fernandes não poupou críticas à arbitragem após gol anulado

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/10/2017 às 21:55
Leitura:

Imagem

Depois de empatar a partida contra o Juventude em Caxias do Sul por 0 x 0, na noite desta terça-feira (24), o treinador do Náutico Roberto Fernandes falou sobre o gol anulado pela arbitragem. De acordo com o técnico alvirrubro, existe erro de fato e de direito. O timbu fez 1 x 0, mas anularam o gol que daria a vitória a equipe pernambucana.

"É uma coisa que eu venho pedindo de forma muito ponderada, mas agora tem que tornar externo. Não pode ser diferente. Se o Náutico tiver de cair, deixa o Náutico cair pelas suas limitações, deixa o Náutico cair pelos seus erros, deixa o Náutico cair pela sua incompetência. Não precisa de ajuda de ninguém”, disse Roberto Fernandes.

Ouça a coletiva na íntegra

O clássico

Sobre o próximo adversário do Náutico, o Santa Cruz, o treinador falou que a próxima missão do timbu, é a regularidade. Entrar em campo com a certeza da identidade que o time vai jogar.

“Se o time jogar com a identidade dos jogos que fez, no nível da competição, nós podemos surpreender. Mas essa é uma grande interrogação que só vamos saber no momento que começar o jogo”, comentou Roberto.


Mais Lidas