Futebol

Elenco do Santa diz que entra em greve na segunda, caso dívidas não sejam pagas


Jogadores do Santa Cruz se reuniram nessa quinta-feira (9) e ameaçam paralisar as atividades caso salários atrasados não sejam pagos

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/11/2017 às 17:27
Leitura:

Imagem

Os jogadores do Santa Cruz se reuniram na tarde desta quinta-feira (9) para deliberar sobre uma possível paralisação do elenco por causa do atraso nos pagamentos por parte do clube. O atacante Graffite falou ao vivo com José Silvério na Rádio Jornal e disse que jogadores e membros da comissão decidiram rever a decisão de paralisar as atividades imediatamente, caso os pagamentos atrasados não fossem quitados.

"Hoje veio um representante do sindicato nos respaldar, falar dos nossos direitos, dos nossos deveres. E, como nós não notificamos o clube sobre essa greve, nós treinaremos hoje, agora à tarde, aqui dentro. Amanhã subiremos para o campo, treinaremos, viajaremos para jogar e vamos notificar o clube a respeito da nossa situação e, se o clube não tomar providência, a partir de segunda-feira (13), estaremos em greve", disse o atacante.

Confira a entrevista na íntegra:

Ao longo de todo o ano, a situação de atraso salarial do Santa Cruz foi exposta por jogadores e até mesmo pelo próprio clube, que admitiu a situação através da página oficial no twitter. Atualmente, os tricolores ocupam a 18º colocação da Série B com 33 pontos acumulados e 98,6% de chance de queda para a Série C.

Alguns jogadores também se pronunciaram pelas redes sociais. O atacante argentino Facundo Parra, que foi dispensado pelo clube coral ao final do primeiro semestre, postou em sua conta oficial no Instagram uma crítica ao clube pernambucano pelo atraso salarial.


Mais Lidas