RETORNO

O que aconteceu em 2008 não foi por acaso, foi trabalho, diz Nelsinho

Responsável pelo título da Copa do Brasil do Sport, Nelsinho Batista reassume o time após o Leão conseguir escapar do rebaixamento no final do Brasileiro

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/12/2017 às 17:16
Leitura:

Imagem

O novo técnico do Sport, Nelsinho Batista, foi apresentado pela diretoria na tarde desta terça-feira (12). O treinador disse que o sentimento de retorno é de felicidade. Ele volta ao clube após ter feito uma passagem há quase 10 anos, quando levou o Leão a ganhar o título da Copa do Brasil 2018.

Nelsinho estava no Japão antes de assumir o Sport e falou sobre o modelo de futebol que pretende aplicar na equipe rubro-negra. “Não existe você falar eu só jogo de uma forma e tu joga de outra. Eu acho que a equipe tem que ser versátil e os jogadores dentro de campo têm que saber se determinar de acordo com a necessidade (...) O que a gente quer é o 4-4-2, e você transforma ele num 4-3-3, 4-2-3-1 e 4-5-1”, detalhou.

O retorno

Ele disse que está mais experiente e mais vivido dentro do futebol, com uma experiência tática maior. “No futebol japonês você tem que trabalhar taticamente devido ao nível técnico dos atletas. Você tem que sempre ter variações para poder ajudá-los”, comentou. O técnico que está ciente do elenco do Sport e já conheceu alguns atletas.

“Estou muito feliz de ter voltado ao Sport. Minha responsabilidade é muito grande porque muita gente fala ‘o Nelsinho tá voltando pra um lugar onde ele é muito querido’. Mas eu acho que vou ser muito cobrado”, disse.

Ele reconheceu a responsabilidade que será assumir o Sport na situação atual, numa situação em que a equipe por pouco não foi rebaixada para a Série B. “Minha responsabilidade é iniciar um trabalho para que seja vitorioso como foi no passado. O presente é o que importa hoje. As minhas decisões e atitudes é que vão dar continuidade a esse respeito que adquiri aqui com vocês”, ponderou.

Nelsinho disse que não gosta de prometer, mas que veio para trabalhar. "O que aconteceu em 2008 não foi por acaso. Foi trabalho. Foram quase dois anos", apontou. "O meu recomeço aqui no Sport, eu vim com a mesma vontade, determinação, mais motivado ainda. Encontro um Sport muito melhor na infraestrutura, no clube. Eu fico satisfeito porque lutamos muito naquela época", avaliou o novo treinador.

Diego Souza

Nesta quarta-feira Nelsinho terá uma reunião com o grupo. Sobre a possibilidade de Diego Souza estar em 2018 no elenco e mostrou grande interesse na permanência do atleta no Sport. “Aqueles jogadores que têm qualidade técnica e que podem jogar dentro do clube nós vamos contar. O Diego Souza é um jogador acima da média e que logicamente qualquer treinador gostaria de contar com esse nome”, elogiou.

Confira a entrevista completa:

Mais Lidas