ENTREVISTA

Não será fácil pois o time se desmanchou, diz Vítor sobre retorno do Santa à Série B

O Santa Cruz anunciou a renovação do contrato com o lateral Vítor até o final de 2018; atleta disse estar feliz com permanência

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/12/2017 às 17:00
Leitura:

Imagem

Após o Santa Cruz anunciar a renovação do lateral Vítor até o final da temporada de 2018, o atleta disse estar feliz com sua permanência para disputar a Série C. O jogador ficaria no clube até o final de 2017.

Segundo Vítor, o acordo para permanecer foi tranquilo. “Não deu trabalho não. Foi apenas algumas conversas minha com Constantino e a gente acabou fazendo os ajustes que tinham que ser feitos (...) Foi chegado a um acordo que favoreceu os dois lados. É com muita alegria e motivação que vou encarar essa nova temporada no Santa Cruz”, explicou.

Acesso à Série B

O lateral espera voltar a atuar com mais frequência e está empenhado em levar o clube de volta à Série B. “Encarar esse projeto novo do Santa Cruz que é retornar para a Série B, a gente está ciente de que vai encarar muitas dificuldades durante o ano, mas eu acredito muito que o Tininho, junto com comissão técnica e os outros diretores, vai montar uma equipe competitiva”, destacou.

Vítor reconhece que será um trabalho difícil por conta da mudança do time. “Não vai ser fácil porque o time se desmanchou totalmente e vão vir novos jogadores, comissão técnica e a gente vai precisar de um pouco de tempo para se reajustar”, avaliou.

Ouça a entrevista completa concedida ao repórter João Victor Amorim:

Escolha pelo Santa

O jogador havia recebido proposta do Guarany e sido procurado pelo Vila Nova, mas escolheu o Santa Cruz pela identificação com o clube. “Eu acabei optando por ficar em Recife que é uma cidade que eu gosto muito, minha família está bem adaptada. É um clube que eu já conheço, um clube que todos queriam minha permanência”, comentou.

Com 35 anos de idade, o atleta diz que está aproveitando a oportunidade de jogar após quase um ano parado por conta de uma lesão e diz que se sente bem para continuar jogando. “Eu me sinto bem ainda, o corpo ainda está obedecendo e eu acredito que consigo jogar mais um tempinho”, afirmou.

Vítor falou ainda sobre a expectativa de jogar com o novo treinador Junior Rocha. “Eu quero ajudar, tenho meu valor, sei do que posso render e espero que eu possa, dentro de campo, ajudar com o meu trabalho”, disse.

Mais Lidas