ENTREVISTA

Santa Cruz manifesta repúdio após gol anulado pela arbitragem


O Santa Cruz teve um gol anulado de forma errada no final do primeiro da partida contra o Náutico, neste sábado

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 17/02/2018 às 21:22
Leitura:

Imagem

O vice-presidente de Futebol do Santa Cruz, Felipe Rêgo Barros, criticou o erro na arbitragem que custou a vitória do clube diante do Náutico, neste sábado (17). O gol marcado por Augusto, no final da primeira etapa da partida, foi anulado pelo auxiliar Cleberson Nascimento e corroborado pelo árbitro Luiz Sobral.

Ele lamenta que o erro possa ter prejudicado a classificação do Santa Cruz no Campeonato Pernambucano. "Houve um erro capital que anulou um gol legítimo (...) um erro que vai repercutir no campeonato porque esse gol nos daria, teoricamente, a vitória e certamente a classificação vai ser mudada por conta desse gol", destacou o vice-presidente. "Como todo profissional que erra, vamos tratar com profissionalismo", completou.

Felipe Rêgo disse que vai cobrar da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) responsabilidade de quem está à frente da arbitragem. "A gente exige isso da Federação (...) Vamos fazer uma formalização desse jogo, desse lance, pedindo as providências. O Santa Cruz está aqui manifestando todo o seu repúdio a esse lance capital", destacou.

Erros constantes

Segundo ele, desde o final da série B do ano passado que o Santa tem sido prejudicado pela arbitragem.

"Ninguém vai ficar pregando que tem esquema, que os árbitros são desonestos. Pelo contrário, a gente sabe que são pessoas honestas, trabalhadoras, de bem. A gente sabe que a Federação está empenhada em ter um corpo de arbitragem qualificado, a gente sabe de tudo isso. Por isso a gente está aqui", reconheceu Felipe Rêgo.

Confira a entrevista completa:


Mais Lidas