COPA DO MUNDO

Bicampeã! 20 anos após vencer o Mundial, França volta a conquistar a Copa


França derrota a Croácia por 4 x 2 e conquista a Copa do mundo pela segunda vez na história

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/07/2018 às 11:55
Fifa
FOTO: Fifa
Leitura:

A França escreveu mais uma linda página na história do futebol Mundial. 20 anos após vencer a Copa do Mundo em casa derrotando o Brasil por 3 x 0. Os Bleus viveram altos e baixos de lá para cá. A seleção que chegou como favorita em 2002, caiu ainda fase de grupos. Em 2006 chegou à final, mas perdeu nos pênaltis para a Itália e Em 2016 jogando a Eurocopa em solo francês a torcida viveu uma das maiores frustrações ao perder para Portugal. De dois anos para cá, a seleção passou por uma reformulação que deu certo. O Bicampeonato mundial, veio com uma partida histórica diante da Croácia que chegou pela primeira vez a uma final.

A França saiu na frente, mas sofreu o empate. Logo após os Bleus abriram vantagem marcando mais três gols e a Croácia ainda diminuiu em uma falha de Lloris, mas não foi o suficiente. Os franceses venceram por 4 x 2 e soltaram o grito de bicampeã.

Ouça os gols na voz de Aroldo Costa

Primeiro tempo

A Croácia começou a partida imprimindo um ritmo forte. Nos 10 primeiros minutos a seleção já tinha maior posse de bola e já havia chegado com perigo em algumas oportunidades, mas pecou nas finalizações. Na primeira vez que a França chegou, abriu o marcador. Griezmann cobrou falta na área, perto do segundo poste. Varane subiu, tentou o desvio, mas não alcançou a bola que tocou na cabeça de Mandzukic antes de entrar no gol.

Mesmo com o placar desfavorável, os jogadores croatas não desanimaram e permaneceram em cima buscando o empate. Aos 27 minutos, Modric cruzou na pequena área e Vrsaljko subiu e escorou no meio para Perisic, que limpou de Kanté e soltou uma bomba de pé direito para estufar as redes empatando o jogo.

Arbitro de vídeo na final

O VAR voltou a aparecer na Copa. Na jogada que originou o pênalti para os Bleus, Griezmann cobrou o escanteio na área e a bola bateu na mão de Perisic. Os franceses reclamaram muito e o árbitro argentino, Nestor Pitana foi consultar o VAR e marcou o pênalti. Griezmann foi para cobrança e converteu o gol, colocando a França mais uma vez em vantagem.

França abre vantagem

Mesmo com a Croácia jogando em cima e buscando o gol, a França foi quem se saiu melhor. Lloris no início da segunda etapa, precisou trabalhar para impedir o ímpeto dos croatas. Aos 13 minutos, Pogba lançou para Mbappé, que cruzou para Griezmann. O jogador do Atlético de Madrid voltou para Pogba que chutou em cima da defesa. A bola voltou para ele que bateu de esquerda para o fundo do gol.

No embalo do gol, Hernández fez bela jogada pela esquerda e tocou para Mbappé que abriu espaço e finalizou no canto de Subasic, ampliando para a França.

A falha de Lloris

Acomodado com o resultado, a França passou a cadenciar a partida. E em um desses lances, a Croácia diminuiu. Varane recuou a bola para Lloris que tentou driblar Mandzukic. O croata chegou para dividir e roubou a bola que foi direto para o gol.

Os croatas permaneceram em cima, mas não foi o suficiente. A França muito cautelosa, se segurou para sair no contra-ataque e manteve o resultado por 4 a 2 até o final do jogo e soltou pela segunda vez na história, o grito de campeão.

Didier Deschamps na história

O comandante Didier Deschamps entra para a história do futebol mundial ao conquistar o título com a França. Isso porque o treinador conseguiu vencer a Copa do Mundo tanto como jogador em 1998, quanto como técnico. Ele entra para o seleto grupo que ainda tem Zagallo e Franz Beckembauer vencedores como jogador e treinador.

Ficha do jogo

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Hernández; Kanté (Nzonzi), Pogba, Matuidi (Tolisso), Griezmann e Mbappé; Giroud (Ferkir). Técnico: Didier Deschamps.

Croácia: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic; Brozovic, Rackitic, Modric; Perisic, Mandzukic (Pjaca) e Rebic (Kramaric). Técnico: Zlatko Dalic.

Gols: Mandzukic - Contra (FRA) 18/1ºT. Perisic (CRO) 27/1°T. Griezmann (FRA) 38/2ºT. Pogba (FRA) 13/2ºT. Mbappé (FRA) 19/2ºT. Madzukic (CRO) 23/2T


Mais Lidas