SÉRIE C

Ao apagar das luzes, Náutico empata e mantém série invicta


Náutico sai perdendo, mas consegue empatar com gol Wallace Pernambucano no fim do jogo

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/07/2018 às 21:14
Léo Lemos / Náutico
FOTO: Léo Lemos / Náutico
Leitura:

O time do Náutico foi até Ceará-Mirim, Rio Grande do Norte, para enfrentar os donos da casa, o Globo FC. As duas equipes vinha de um longo período de invencibilidade, as maiores do Grupo A da série C do campeonato brasileiro. A equipe de Ceará-Mirim estava há oito anos sem saber o que é uma derrota. Já o Timbu saiu da zona de rebaixamento escalou até a segunda colocação e vinha de sete jogos sem perder.

O Globo abriu o marcador em cobrança de falta aos 28 minutos do primeiro tempo com Geovane. O Náutico chegou ao empate no fim do jogo com Wallace Pernambucano de cabeça. A partida válida pela 16ª rodada terminou tudo igual. Globo 1 x 1 Náutico. O timbu segue na segunda colocação com 27 pontos e recebe o ABC na próxima rodada, na Arena de Pernambuco, no sábado (04) às 16h

Caso o Botafogo-PB perca para o Atlético-AC no domingo (29), o Náutico garante a classificação por antecipação.

Ouça os gols na voz de André Luiz Cabral

A partida

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. As duas equipes buscavam o gol, mas o embate no meio de campo deixou o jogo bem truncado e com poucas chances criadas. A equipe pernambucana teve duas oportunidades de abrir o marcador, porém falhou nas finalizações. Em um dos lances, Robinho recebeu a bola e ficou na cara do gol, na frente da pequena área, ele chutou, mas Rafael fez grande defesa.

O gol dos donos da casa saiu aos 28 minutos da etapa inicial em uma cobrança de falta. Geovane bateu por baixo da barreira e surpreendeu o goleiro Bruno.

Após marcar, o Globo chegou com perigo mais duas vezes. Jean Natal armou o contra-ataque, tocou para Romarinho, que deu lindo passe para Max. O centroavante finalizou com o pé direito obrigando Bruno a fazer brande defesa. No lance seguinte em cobrança de falta, Geovane por pouco não ampliou o marcador. A batida passou tirando tinta da trave.

Na etapa complementar a equipe alvirrubra voltou com uma postura diferente e tendo mais a posse de bola, mas encontrou o Globo mais fechado no campo defensivo o que dificultou a penetração do Náutico. Mesmo fazendo um segundo tempo melhor do que o primeiro, o Timbu pouco finalizou o momento em que ficou com um a mais em campo.

Em um lance de contra ataque puxado por Bruno, Robinho iria ficar na cara do gol e o goleiro Rafael saiu desesperado para evitar o gol e tocou com a mão fora da área. O juiz expulsou o atleta.

Com um a mais o Náutico foi para cima. Em cobrança de falta Assis chutou no canto e Camilo fez uma defesaça para evitar o gol. Mas a insistência da equipe alvirrubra resultou no empate no final do jogo. Aos 46 minutos Wallace Pernambucano aproveitou o cruzamento de Luiz Henrique e subiu maisalto que a defesa do Globo. O atacante testou a bola para o fundo das redes sem chance para o goleiro Camilo. Fim do jogo: Globo 1 x 1 Náutico.


Mais Lidas