SÉRIE C

Náutico vence ABC se classifica para fase de mata-mata


Com gols de Ortigoza e Luiz Henrique sobre o ABC-RN, o Náutico conseguiu garantir a vaga para a próxima fase da Série C com uma rodada de antecedência.

Maria Luiza Falcão
Maria Luiza Falcão
Publicado em 04/08/2018 às 17:45
Guga Matos/JC Imagem
FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Depois de nove jogos sem perder, o Náutico sai de campo vitorioso como nunca. Venceu o ABC-RN em casa com dois belos gols no fim da partida, assumiu a liderança do Grupo A e se classificou para a fase de mata-mata. Para sacramentar, o Timbu vai poder decidir em casa o primeiro confronto da próxima fase. Se vencer, já se classifica para a Série B de 2019.

O primeiro tempo começou com domínio da equipe alvirrubra, que acabou relaxando na segunda metade da primeira etapa. No segundo tempo, o ABC começou pressionado com uma bomba de Rodrigo Rodrigues aos 15 segundos de jogo.

O Náutico reagiu depois da entrada do atacante Ortigoza, que substituiu Wallace Pernambucano. O artilheiro fez o primeiro gol do Timbu aos 32 minutos da segunda etapa. Ouça na voz de Aroldo Costa:

O segundo gol veio pelos pés de Luiz Henrique aos 43 do segundo tempo. A bomba deixou o goleiro Edson sem chances de defesa.

Mata-Mata

A primeira fase da Série C é disputada em dois grupos com 10 times cada, divididos por regiões do País. O Grupo A engloba dos do Norte e Nordeste e o Grupo B reúne os do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Os últimos dois colocados de cada grupo caem para a Série D. Os quatro primeiros colocados de cada grupo passam para a próxima fase e disputam as 4 vagas de acesso à Série B, além do título de Campeão Brasileiro da Série C.

Ficha do jogo: Náutico x ABC

Campeonato Brasileiro da Série C (17ª rodada do Grupo A)

Náutico: Bruno (Luiz Carlos); Thiago Ennes, Camutanga, Suéliton e Assis; Josa, Luiz Henrique e Jhonnatan; Dudu (Rafael Assis), Robinho e Wallace Pernambucano (Ortigoza). Técnico: Márcio Goiano.

ABC: Edson; Arêz, Vinícius, Henrique e Igor; Anderson Pedra, Felipe Guedes e Marcos Júnior (Lauder); Higor Leite, Luan (Matheus Carvalho) e Leandrão (Rodrigo Rodrigues). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Gols: Ortigoza (N – aos 32’2T) e Luiz Henrique (N – aos 44’2T).

Árbitro: Daniel Nobre Rins (RS), CBF.

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Michael Stanislau (RS), ambos da CBF.

Quarto Árbitro: Gleydson Ferreira Leite (PE), CBF.

Analista de Campo: Erich Bandeira (PE), CBF.

Cartões Amarelos: Marcos Jr. (A – aos 33’1T); Henrique (A – aos 5’2T); Thiago Ennes (N – aos 6’2T); Bruno (N – aos 7’2T); Robinho (N – aos 25’2T); Camutanga (N – aos 37’2T). Cartões Vermelhos: Anderson Pedra (A – aos 17’2T).

Público: 13.405. Renda: R$ 201.835,00.


Mais Lidas