COPA DO BRASIL

Náutico empata com Imperatriz e se classifica para a 2ª fase da Copa do Brasil

Timbu sai na frente com André Krobel, cede empate no fim do jogo, mas avança na Copa do Brasil

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/02/2019 às 22:26
Léo Lemos / Náutico
FOTO: Léo Lemos / Náutico
Leitura:

O Náutico volta para Recife classificado para a segunda fase da Copa do Brasil e com uma boa grana. O Timbu enfrentou na noite desta terça-feira (12) o Imperatriz-MA no estádio Frei Epífânio. O gol da equipe pernambucana foi marcado no fim do primeiro tempo em cobrança de falta de André Krobel. No fim da partida um juiz marcou um pênalti polêmico para os donos da casa. Daniel Barros converteu a penalidade, mas o empate em 1 x 1 classificou o Náutico. A classificação à fase posterior garantiu ao time da Rosa e Silva uma premiação de R$ 625 mil.

Para a segunda fase o Náutico espera o vencedor do confronto entre Sinop e Santa Cruz. Podendo ter um Clássico já no duelo seguinte.

Ouça o gol na voz de Aroldo Costa

A partida

O primeiro tempo do Náutico foi metódico. A equipe alvirrubra não chegou muito, mas das poucas vezes que chegou, deu trabalho ao goleiro do Imperatriz. Com uma maneira inteligente de jogar, o Timbu deixou a bola com o Cavalo de Aço durante algum tempo. Contudo a equipe da casa sentiu muita dificuldade para se livrar da marcação do time pernambucano. A saída foi arriscar muito a longa distância e jogar pelos lados. No meio campo, a equipe da Rosa e Silva mostrou boa marcação com Jiménez.

A primeira chance de gol foi do Náutico. Aos 7 minutos Robinho fez boa jogada pela esquerda, se livrou de dois e mandou para Luiz Henrique. Ele cruzou e Wallace Pernambucano cabecear com perigo ao lado de Jean.

Aos 25, mais uma vez o Timbu chegou. André Krobel entrou pela esquerda e arriscou a finalização. O chute passou perto do gol. Dois minutos depois Jorge Henrique finalizou da intermediária, Jean deu rebote e Wallace marcou, mas a arbitragem invalidou o gol alegando impedimento do atacante.

A melhor chance do Imperatriz na etapa inicial só surgiu aos 43. Renan Luís surpreendeu com um chute de longe, Bruno espalmou e Diego afastou o perigo.

O gol do Náutico surgiu de uma bola parada aos 46. Robinho avançou na entrada da área e sofreu a falta. André Krobel foi para a cobrança e a bola quicou no montinho artilheiro tirando o goleiro Jean da jogada.

No segundo tempo o Náutico manteve a mesma postura da etapa inicial. A bola ficava mais com o time da casa, mas não assustava o Timbu por conta da pouca criatividade e também da marcação do adversário. Aos 8 minutos Luis Henrique lançou para Jorge Henrique que avançou em velocidade no contra-ataque e arriscou o chute cruzado, mas sem perigo na meta de Jean.

Após os 10 minutos, o jogo deu uma esfriada e as equipe pouco finalizaram. O Náutico, sem pressa por estar com o placar favorável pouco se arriscou.

No fim da partida o Imperatriz empatou o jogo. Lucas avançou na pequena área e foi derrubado por Sueliton. O Juiz marcou a penalidade. Daniel Barros cobrou o pênalti no lado oposto de Bruno para deixar tudo igual e dar o placar final do confronto. Imperatriz 1 x 1 Náutico.

Ficha do jogo

Imperatriz-MA: Jean; Gabriel, Anderson Schmoeller, Renan Dutra e Renan Luís; Tibiri (Hugo Leonardo), Daniel Barros e João Neto (Gabriel Caju); Kaká (Matheus Rebé), Lucas Silva e Júnior Chicão. Técnico: Ruy Scarpino.

Náutico: Bruno; André Krobel, Diego Silva, Suéliton e Assis; Jorge Jiménez, Lucas Paraíba e Luiz Henrique; Jorge Henrique (Rhaldney), Robinho e Wallace Pernambucano (Tharcysio). Técnico: Márcio Goiano.

Gols: André Krobel (NAU) 46/1ºT, Daniel Barros 47/2ºT

Público: 7.780

Mais Lidas